Páginas

20 de setembro de 2017

FIEPI sedia 46º Encontro Nacional da Indústria de Cerâmica Vermelha

O Encontro Nacional da Indústria de Cerâmica Vermelha é um evento tradicional, itinerante à todas as regiões do Brasil, anual, sólido e dirigido exclusivamente à cerâmica estrutural, que atua como setor gerador de mão de obra intensiva e indispensável na construção civil, responsável por uma significativa fatia do PIB brasileiro.
O 46º Encontro Nacional da Indústria de Cerâmica Vermelha será realizado de 20 a 22 de setembro de 2017, na sede da Federação das Indústrias do Estado do Piauí – FIEPI, em Teresina, das 14h às 22h. Uma realização da Anicer, a edição nordeste do evento, conta com o apoio do Sindicer/PI.
Segundo a última pesquisa do IBGE, o setor de cerâmica vermelha reúne 6.903 empresas no Brasil, amplamente mobilizadas para o evento, em uma oportunidade em que empresários de todos os estados, oriundos dos 48 sindicatos, associações e cooperativas filiados, além dos demais de todo o continente sul-americano, Europa e EUA, voltam suas atenções para os principais temas deste mercado.
Especialistas de diversas áreas de conhecimento abordam questões relacionadas ao setor cerâmico. A grande novidade nas Clínicas Tecnológicas deste ano é a ampliação do seu conteúdo técnico e formato de execução. Serão 12 Clínicas, em que duas palestras acontecerão simultaneamente. Isso permitirá que os interessados possam escolher exatamente o tema que tem mais interesse em assistir.
Uma das novidades para esta edição do Encontro será a disponibilização de um Espaço de Negócios, para que as empresas interessadas em negociar com os fabricantes de materiais cerâmicos possam conversar.
O presidente da FIEPI, Zé Filho parabenizou o presidente do Sindicato da Indústria de Cerâmica para Construção do Estado do Piauí - Sindicer/PI, Waldyr de Moraes Junior pela realização do evento, que reúne toda cadeia produtiva do setor cerâmico. O presidente do Conselho Nacional do SESI, João Henrique Sousa é um apoiador do evento.
As Visitas Técnicas da edição nordeste do Encontro Nacional já têm destino certo. Por indicação do sindicato anfitrião do Evento, o Sindicer/PI, no dia 20 de setembro, a Telhamar abrirá as portas de sua fábrica, no dia 21 de setembro, será a vez das cerâmicas Santa Maria e Livramento, já no dia 22, o Grupo Santa Vitória receberá os ceramistas vindos de todas as regiões do Brasil e da América Latina.

Confira a programação completa AQUI

Fonte: ASCOM

Prefeita de Água Doce e Secretário de Estado do Trabalho entregam certificados do curso de Beneficiamento da Mandioca

Na manhã desta terça-feira (19) na câmara municipal de nossa cidade, aconteceu à solenidade de entrega dos certificados de conclusão aos alunos do curso de Beneficiamento da Mandioca, do Programa Mais Qualificação Para O Trabalho, projeto que faz parte do Mais IDH.

Estiveram presente no ato solene a Prefeita Thalita Dias, o Secretário de Estado do Trabalho e Economia Solidária, Julião Amin e sua equipe, secretária adjunta de Agricultura e Pesca Marilene Rodrigues, que esteva representando o Séc. Thiago Aragão, coordenadores do mais IDH, e alunos concluintes.
Prefeita Thalita Dias
A prefeita Thalita Dias, destacou em seu discurso que sempre buscará mais oportunidades para nossa população, pois atualmente o mercado de trabalho é muito exigente. “Junto com o governo do estado continuaremos buscando programas que realmente possam inserir nossos jovens e população no mercado de trabalho, e dessa forma também gerar emprego e renda para nosso município buscando sempre o desenvolvimento da nossa cidade”. Destacou a prefeita.
Secretário de Estado do Trabalho e Economia Solidária, Julião Amin.
“Com qualificação de nível, temos agora mais de quinze novos profissionais em beneficiamento da mandioca ao dispor da agricultura local. É mais produção e renda para a população, é assim que o governo do estado está trabalhando em parceria com a Prefeitura de Água Doce através da prefeita Thalita Dias, para dá dignidade e oportunidade a população deste município”. Disse o Secretário de Estado do Trabalho e Economia Solidária, Julião Amin.

Foram formados mais 15 (quinze) alunos que passaram 2 (dois) meses de experiências e aprendizados, e hoje receberam seus certificados de conclusão, e sem dúvidas estão prontos para o produz uma boa safra.

Fonte: ASCOM

Saúde alerta para o final da Campanha Nacional de Multivacinação nesta sexta-feira (22)


A secretaria Municipal de Saúde (Sesa), através do setor de imunização, está alertando a população em geral para o final da Campanha Nacional de Multivacinação, iniciada dia 11, e que será encerrada neste dia 22 (sexta-feira), conforme orientação do Ministério da Saúde.

“É uma campanha de atualização de caderneta, para a qual estamos disponibilizando todas as vacinas do calendário básico, como: BCG, Hepatite A e B, Penta, VIP, HPV, Pneumocócica 10 valente, Meningocócica C conjugada, febre amarela, tríplice viral, dentre outras, para o público de zero a menos de 15 anos de idade. Esta população deve comparecer aos postos de saúde, levando o cartão de vacinação para que seja avaliada e ver se estas pessoas estão com alguma vacina atrasada”, alerta Charles Lima, chefe do setor de imunização da Secretaria de Saúde.
De acordo com Charles, foi muito boa a vacinação registrada no último dia 16, considerado o “Dia D” da atual campanha. Mas ele ressalta estar havendo ausência da população ultimamente, talvez pelo fato de doenças como sarampo e meningite, por exemplo, estarem controladas. “Hoje a gente percebe que as pessoas não procuram mais os postos rotineiramente para colocarem suas cadernetas em dia. Houve uma ampliação e hoje tem caderneta da criança, adolescente, adulto e idoso. E todas essas faixas etárias têm que procurar os postos para saberem se o cartão está em dia ou não”, destacou Charles Lima.

Ele disse ainda que, por causa da ausência das pessoas nos postos, estão surgindo bolsões de não vacinados. “Por isso estão reaparecendo algumas doenças que estavam controladas, por conta das vacinas. E isso é ruim, não só para a população como para todo o sistema de saúde que fica sobrecarregado. Hoje já temos internações de doenças que são preveníveis”, pontuou Charles. 

Supcom

Estrada que liga Cocal ao litoral do PI será inaugurada neste ano

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado dos Transportes (SETRANS), vai inaugurar, neste ano, o trecho da rodovia PI-309 que liga Piracuruca e Cocal ao litoral do Piauí.
As obras em Cocal foram iniciadas no mês de maio, no trecho que vai do entroncamento da rodovia BR-343 até a sede do município, passando pela localidade Vidéu, totalizando em cerca de 26 quilômetros de extensão.

Quando concluída, a obra vai beneficiar a população e economia de Cocal, facilitando o acesso ao litoral e escoamento da produção agrícola e comercialização dos produtos locais.
“Esta é uma obra bastante desejada pela comunidade de Cocal e toda a região norte do Piauí, por possibilitar uma integração e tráfego melhores entre os municípios, principalmente rumo ao litoral. Uma iniciativa muito eficaz do governador Wellington Dias, e pela qual ficamos felizes em participar como parceiros na política de desenvolvimento do nosso Piauí”, conclui o prefeito de Cocal, Rubens Vieira.
A obra também vai reduzir em 80 quilômetros o percurso de Teresina ao litoral e melhorar o acesso de turistas do Ceará às praias piauienses.


Fonte: ASCOM

GENERAL MOURÃO DIZ QUE SE A JUSTIÇA NÃO TIRAR OS CORRUPTOS DO PODER O EXÉRCITO TIRARÁ

O general Hamilton Mourão, que afirmou que o Exército agirá se o Judiciário não for capaz de afastar os corruptos do poder, foi duramente atacado por setores da imprensa, mas também recebeu apoio em massa da população, inclusive com sugestões para que se candidate à Presidência. Perguntado se pretende se candidatar, o general respondeu: "Não. Não sou político. Sou soldado".

Veja o trecho da fala do general que causou polêmica:


Via Gazeta Social

19 de setembro de 2017

Prefeitura de Caxingó investe na perfuração de poços na zona rural

A Prefeitura de Caxingó, através do prefeito Dr. Washington Luiz (PMDB) vem trabalhando contra a escassez de água na zona rural do município. A ação do gestor faz parte da execução de um projeto de combate à seca, que prevê a perfuração de poços tubulares nas comunidades ruralistas que vem passando por dificuldades, principalmente neste período.
Recentemente, as localidades Curralinho e Peroaba, foram contempladas com a perfuração de poços. Em breve, outras comunidades também serão beneficiadas. Dezenas de famílias estão sendo beneficiadas com essas ações da administração municipal. As obras visam contribuir para o melhoramento do abastecimento de água nas comunidades e, consequentemente, para uma melhor qualidade de vida dos moradores.

Segundo informações, com a perfuração desses poços, o prefeito municipal está atendendo pleitos antigos desses moradores que sofriam com a escassez de água.
Um morador da comunidade Peroaba comemorou o feito nas redes sociais. “O dia tão esperado para nós do Assentamento da Peroaba chegou. Só temos a agradecer a administração do prefeito Washington Luiz e o empenho do secretário de Obras Geovane Araújo. Com este poço, vai melhorar e resolver o problema da falta de água no assentamento e em toda a Peroaba”, relatou o morador Odayr Carvalho.


Fonte: Portal Boca do Povo

Neurologista comprova cientificamente que perfume das flores causa enxaqueca


O neurologista piauiense Raimundo Pereira da Silva Neto é o primeiro pesquisador do mundo a comprovar cientificamente a relação do perfume das flores e a enxaqueca. Segundo o estudo, sentir cheiro de rosas provoca dores em quem já tem a doença.

Desde a adolescência, a professora e gestora de comunicação Ana Kelma Galas tem crises de enxaqueca. A vida agitada contribui para que, uma vez ou outra, o mal estar provocado pela forte dor de cabeça atrapalhe a rotina profissional dela. Por causa disso, ela precisou restringir uma série de hábitos, entre eles o da alimentação e sentir odores mais fortes.

"O cheiro forte, principalmente o químico, me provoca crises e agora dor de cabeça mesmo. A enxaqueca vem com muito mal estar, como fosse uma reação alérgica aquilo dali", declarou a jornalista.
A pesquisa contou com a participação de 158 voluntários. Durante um minuto e utilizando máscaras, eles inalaram odor de flores e em seguida foram observados por 24 horas. Estatisticamente 34% tiveram dor de cabeça, justamente nas pessoas com histórico de enxaqueca.

Segundo o autor da pesquisa, a relação não é novidade, mas até então não havia uma comprovação científica. "As pessoas precisam tomar o conhecimento que este odor só causa dor para quem tem enxaqueca. A nossa pesquisa mostrou basicamente isso", explicou o neurologista e pesquisador.

Raimundo Pereira da Silva Neto estuda o assunto há 15 anos e recentemente as descobertas dele foram citadas numa reportagem de uma revista europeia, com repercussão na mídia internacional. Atualmente, o pesquisador trabalha para introduzir a dor de cabeça como critério de diagnóstico da cefaleia.

"Há mais de 10 anos trabalho com uma medicação, que o paciente toma este remédio e o cheiro que ele é exposto não ocasiona a dor. Este trabalho com odores não são frequentes no mundo, existem poucos grupos de pesquisadores", acrescentou o pesquisador.


Fonte: G1

18 de setembro de 2017

Crianças e adolescentes de Cocal são imunizadas em Dia D da multivacinação

A Prefeitura de Cocal, realizou, no último sábado (16), o Dia D da Campanha Nacional de Multivacinação para Atualização de Caderneta de Vacinação. Voltada para crianças e adolescentes com menos de 15 anos de idade, segundo dados da Secretaria de Saúde, 849 pessoas foram vacinadas no município.
Com mobilização em seis pontos de vacinação, o secretário municipal de Saúde, Jefse Vinutte, avalia o resultado da atividade. “Estamos bastante satisfeitos com o resultado da ação, afinal, quase mil crianças e adolescentes foram imunizados. Houve bastante procura em todos os pontos de vacina”, afirma o secretário.
A Campanha de Multivacinação segue até o dia 22 de setembro, em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS). O objetivo é atualizar a caderneta de vacinação de crianças e adolescentes ainda não imunizados.
“Continuamos com a campanha, ressaltando a importância de que todas as crianças e adolescentes que fazem parte do público-alvo, ou seja, com menos de 15 anos de idade, compareçam aos postos de Saúde. É uma atitude simples, que traz grandes benefícios na prevenção de doenças e promoção da qualidade de vida”, informa Jefse Vinutte.

Prefeito de Caxingó, incentiva o esporte em todo o município.

Nesse Sábado, (16) Foi a grande final do Campeonato de Futebol Society da localidade Candeio, município de Caxingó. O Campeonato teve inicio no mês de Julho e foi disputado por 14 equipes. A grande final, ficou entre; Candeio X Time da Saúde.Depois de um empate, o Time da Saúde foi campeão nos pênaltis. O Prefeito Washington Luiz, um dos patrocinadores do campeonato, esteve presente durante todo o evento, inclusive na seresta comemorativa após o jogo. O Campeonato teve total apoio da Secretária Municipal de Esportes. O Sec. de Esportes Sousinha, Sec. de Obras Geovane Calafate e outras autoridades marcaram presença no evento, que reuniu um grande publico em todas as etapas.

Fonte; Blog Caxingó Noticias.
Fotos; Geovane Calafate

Ação judicial teria motivado morte de homem em Luís Correia

Ação judicial teria motivado morte de homem em Luís Correia
Marcelo Sávio Josué de Seixas, de 42 anos, foi encontrado morto por volta das 05h30min desse domingo (17/09), em um casebre localizado ao lado de um parque de vaquejada, no bairro Cearazinho, em Luís Correia, litoral do Piauí.

Marcelo Seixas residia no rua Emílio Falcão Costa, no bairro São José em Parnaíba, era corredor de cavalos, e cuidava de animais utilizados neste tipo esporte. A motivação do crime, segundo a polícia, seria uma rixa antiga com um ex-patrão da vítima gerada por um processo judicial na vara trabalhista.

ASSISTA NA REPORTAGEM DA REDE MEIO NORTE: 



Fonte: Kairo Amaral / Meio Norte

17 de setembro de 2017

Ministério estuda tirar insulina do Farmácia Popular, se preço não for reduzido

Insulina é adquirida com preço popular por diabéticos nas farmácias populares
O Ministério da Saúde estuda retirar a insulina do Aqui Tem Farmácia Popular, caso o preço pago pelo produto não seja reduzido. A medida faz parte de uma estratégia da pasta para restringir o orçamento do programa, criado durante o governo petista e que beneficia mensalmente uma média de 9,8 milhões de pessoas.

Pela proposta, a distribuição do produto passará a ser feita somente nos postos de atenção básica caso não haja uma redução nos valores pagos pelo Ministério da Saúde às farmácias. Estimativas de mercado indicam que 30% do acesso à insulina no Brasil é feito por meio das farmácias credenciadas ao programa.

O ministro da Saúde Ricardo Barros afirmou que a pasta paga pela unidade do produto distribuída no Farmácia Popular R$ 27,50, quase três vezes mais do que é desembolsado para o produto distribuído na rede pública R$ 10.

"O objetivo é sensibilizar os parceiros para diminuir essa diferença de custo e ampliar a oferta de medicamentos", justificou o ministro. De acordo com ele, a oferta da insulina será mantida "desde que não onere os recursos públicos".

Proposta
Pela proposta feita pelo ministério, caso não haja entendimento, a insulina deixaria de ser distribuída no Aqui Tem Farmácia Popular a partir de 1º de janeiro. Procurado, no entanto, o ministério disse não haver data definida.

A retirada da insulina da cesta de produtos oferecidos no Aqui Tem Farmácia Popular é um dos pontos da discussão com fabricantes e representantes do setor varejista para reduzir o preço pago pelos medicamentos do programa.

Estão incluídos no Aqui Tem Farmácia Popular 42 produtos. Do total, 26 medicamentos (para o tratamento de hipertensão, diabetes e asma) são adquiridos pelo Ministério da Saúde e distribuídos aos pacientes de forma gratuita. Para os demais produtos, os descontos chegam a 90%.

Atualmente, o investimento no programa é de R$ 2,6 bilhões. Caso nenhuma mudança seja feita, o governo estima que, para 2018, o Farmácia Popular exigiria R$ 3 bilhões. A proposta de Barros é reduzir a base de cálculo dos remédios, o que, a princípio, traria uma economia de R$ 750 milhões.

"Quero organizar o pagamento. Hoje tem uma tabela, com valores distintos. Minha proposta é que paguemos o preço médio do mercado, com uma remuneração de 27% para farmácias", disse o ministro.

A proposta, no entanto, provocou uma forte reação do setor produtivo, que ameaça sair do programa. "Para alguns itens, a redução seria de 70%. Isso tornaria inviável nossa participação no Aqui Tem Farmácia Popular", afirma o presidente executivo da Associação Brasileira de Redes e Farmácias e Drogarias (Abrafarma), Sérgio Mena Barreto.

O presidente executivo do Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos no Estado de São Paulo (Sindusfarma), Nelson Mussolini, disse estar preocupado. "O programa é de grande importância, com impacto positivo nos indicadores de saúde", disse. "Mas é impossível atender a proposta do ministro."

Queda de braço
A queda de braço entre a pasta e o setor ainda deve se arrastar. Questionado sobre a ameaça de debandada do programa, Barros afirmou que a negociação ainda está em curso e que aguarda resposta dos setores envolvidos. "Vamos de novo contrariar interesses", resumiu. "Queremos reduzir o gasto com medicamento individualmente para atender mais pessoas. Quanto mais barato a gente compra mais pessoas podem ser atendidas."

Barreto sugere que outras mudanças sejam feitas no programa para garantir os preços atuais. Entre elas, a proposta para redução de ICMS. Como o imposto faz parte da arrecadação dos Estados, tal medida somente poderia ser possível caso houvesse anuência de secretários de fazenda.

Na reunião, também foi proposto pelos empresários o fim do remédio gratuito no Aqui Tem Farmácia Popular ou a restrição do programa para aqueles que tenham obtido a receita de profissionais do Sistema Único de Saúde.

Farmácia Popular
O Farmácia Popular é um dos programas símbolo da gestão do PT. O formato mais antigo da iniciativa, as unidades próprias de farmácia, foi extinto pelo governo em junho deste ano, sob a justificativa de que ele era dispendioso e pouco eficaz. A verba que era usada no programa passou a ser rateada entre os municípios.

A maior parte das pessoas atendidas pelo Aqui Tem Farmácia Popular acessa medicamentos de forma gratuita. De acordo com última informação do ministério, entre os medicamentos mais distribuídos estão o para controle de hipertensão e para diabetes.

Para retirar os medicamentos, o usuário deve apresentar o documento de identidade, CPF e receita médica dentro do prazo de validade, que em fevereiro deste ano foi ampliada para 180 dias.

A prescrição médica pode ser emitida tanto por um profissional da rede pública quanto por médico que atende em hospitais ou clínicas privadas.


Fonte: Diário do Nordeste

16 de setembro de 2017

Morre, aos 65 anos, o jornalista Marcelo Rezende


jornalista Marcelo Rezende morreu, às 17h45 deste sábado (16), em São Paulo, aos 65 anos, vítima de falência múltipla dos órgãos em consequência de um câncer, informou o Hospital Moriah.

Rezende foi diagnosticado no início do ano com câncer no pâncreas com metástase no fígado. Ele se afastou do comando do programa Cidade Alerta, da TV Record, para fazer o tratamento de quimioterapia. Ele estava internado no Hospital Moriah, na Zona Sul de São Paulo.

Em um vídeo postado no dia 3, Marcelo Rezende falou sobre os altos e baixos do tratamento contra o câncer. "O que eu tenho, a doença que eu tenho, o câncer que eu tenho, tem altos e baixos, é como uma montanha-russa. Uma hora eu to lá em cima, outra hora eu to lá embaixo. O mais importante é que eu estou firme e estar firme é aqui, onde a mente funciona. E eu estou firme para enfrentar os baixos, até chegar o momento em que o alto vai deslizar e aí a cura vai chegar. E eu tenho certeza dela porque Deus está comigo, Deus está contigo", disse o jornalista.

Marcelo Luiz Rezende Fernandes nasceu no Rio de Janeiro, em 12 de novembro de 1951.

Começou sua carreira como repórter esportivo nos anos 70 do Jornal dos Sports. Trabalhou em O Globo, revista Placar e chegou à TV em 1987 para trabalhar na Globo. Entre os destaques está a cobertura do caso da operação da polícia na Favela Naval, em Diadema e a apresentação do programa Linha Direta. Trabalhou também na Band e Rede TV.

O jornalista deixa cinco filhos e dois netos.
Veja íntegra da nota da TV Record:

A Record TV informa com grande pesar o falecimento de Marcelo Rezende, neste 16 de setembro de 2017, no Hospital Moriah, zona sul de São Paulo. Transmitimos nossas sinceras condolências ao familiares e amigos do jornalista com o qual tivemos a honra e o privilégio de trabalhar e que atuou com tanto brilhantismo em nossa programação.

O apresentador estava afastado do Cidade Alerta desde maio, quando descobriu um câncer no pâncreas e no fígado. Ele estava no comando do programa desde 2012 e ali imprimiu a sua marca, expondo os problemas de segurança pública do País com a coragem que sempre pautou sua trajetória, transformando o Cidade Alerta em um importante canal de denúncias. "Esse jornalismo que eu e alguns companheiros fazemos é o jornalismo que revela as mazelas do País", disse ele.

Com mais de 40 de carreira, Marcelo Rezende deixa um grande legado ao jornalismo do Brasil e da Record TV. Sua trajetória foi sempre guiada pela coragem em tocar em feridas sociais. Do flagrante de abuso policial na Favela Naval, em Diadema (SP), à corrupção no futebol, passando pelos inesquecíveis depoimentos de Francisco Assis Pereira, o Maníaco do Parque, e do ex-goleiro Bruno. Rezende foi um repórter investigativo de raro talento e um apresentador polêmico que não tinha medo de expor suas opiniões. Alguns dos episódios mais marcantes de sua carreira ele narrou no livro "Corta pra Mim", lançado em 2013 pela editora Planeta, que tornou-se rapidamente um best-seller.

Rezende iniciou sua carreira na mídia impressa, aos 17 anos, no Jornal dos Sports, em sua cidade natal, no Rio de Janeiro, e atuou como jornalista esportivo por um longo período. Atuou no jornal O Globo e em seguida na Revista Placar, da editora Abril, até que, por fim ingressou na televisão, em 1988, quando foi trabalhar no Globo Esporte. A carreira sofreu uma guinada quando foi designado para fazer reportagens investigativas. Em 1999, fez parte da equipe de criação do Linha Direta, do qual tornou-se apresentador.

Na Record TV, o jornalista apresentou o Cidade Alerta em duas ocasiões, entre 2004 e 2005, e de 2012 a 2017, além de ter comandado o Repórter Record e o quadro A Grande Reportagem, exibido pelo Domingo Espetacular. Trabalhou também na Rede TV! onde apresentou o Repórter Cidadão e o Rede TV! News. Na Band esteve a frente do Tribunal na TV.

No dia da estreia do novo Cidade Alerta, em 2012, Marcelo deu o tom do que o telespectador poderia esperar : "Nós não temos amigos, nem inimigos. Trabalhamos para o interesse público, o interesse da comunidade, o interesse da sociedade".

Nessa nova fase do Cidade Alerta, a carreira do Marcelo também foi marcada pela inusitada interação com a equipe de jornalistas espalhada pelo Brasil. Descontração e alegria que contagiaram milhões de brasileiros e marcaram uma nova alternativa de informar os telespectadores.


Fonte: G1

Aluna é detida suspeita de vender brigadeiros com maconha dentro de escola no DF

Brigadeiros recheados de maconha que foram apreendidos com jovem dentro de escola pública de Brasília (Foto: Polícia Militar/Divulgação)
Uma adolescente de 17 anos foi apreendida no início da noite desta sexta-feira (15) suspeita de vender brigadeiros recheados de maconha dentro de uma escola pública de Brasília. A denúncia foi feita pela própria direção do Centro de Ensino Médio Setor Leste, que funciona na 611/612 Sul, à Polícia Militar. De acordo com a corporação, a jovem assumiu estar cometendo o ato infracional e não resistiu à detenção. Ela é aluna da instituição.

Na hora da abordagem, a garota estava com 40 brigadeiros dentro de uma vasilha plástica e R$ 38,50. Policiais inspecionaram os doces e confirmaram a “mistura”. A PM não soube informar por qual valor cada um era comercializado.

“Os policiais perguntaram para ela há quanto tempo ela estava vendendo, e ela informou que havia duas semanas. Mas disse que só introduziu a maconha nos ingredientes há três dias. Amigos dela teriam dado a dica, e ela decidiu aderir”, disse o cabo Gustavo Rodrigues.

A jovem foi conduzida à Delegacia da Criança e do Adolescente. Os brigadeiros foram levados para perícia da Polícia Civil, que registrou o caso como ato infracional análogo ao tráfico de drogas. O G1 procurou a Secretaria de Educação para comentar o caso, mas não recebeu retorno até a publicação desta reportagem.


Fonte: G1

15 de setembro de 2017

Zé Filho prestigia eleição da Câmara Municipal de Parnaíba


Após duas semanas de muita especulação, reuniões para criar uma chapa de oposição, José Geraldo Alencar Filho (PSB), foi reeleito.
Na noite desta quinta-feira (14), após uma manobra para antecipar as eleições da mesa diretora da Câmara Municipal de Parnaíba, 14 vereadores elegeram por unanimidade o vereador do PSB, José Geraldo Alencar Filho para presidir a casa durante o ano de 2018.
No último dia 06 de setembro, Geraldinho conseguiu assinaturas suficientes para alterar a Redação do Artigo 15, Resolução Nº 02 de 30 de agosto de 1994, para assim permitir a antecipação das eleições da mesa diretora, que era prevista para acontecer entre os dias 01 à 22 de dezembro. A “manobra” foi uma resposta às tentativas de criação de uma chapa de oposição ao atual presidente, encabeçada pelo vereador Joãozinho da Unimagem (PSDC).

Com a antecipação da eleição, Joãozinho da Unimagem resolveu desistir de concorrer à cadeira de presidente, inclusive não comparecendo à sessão desta quinta, na qual ocorreu a votação. Além de Joãozinho da Unimagem, o vereador Beto (PP) e a vereadora Fátima Carmino (PT), também não compareceram à sessão.
Unanimidade
Geraldinho (PSB), foi reeleito com os votos dos 14 vereadores presentes, inclusive da Vereadora Neta, que até pouco tempo era considerada “oposição” ao governo Mão Santa, do qual Geraldinho é aliado.

Tranquilidade
Com a reeleição de Geraldinho, Mão Santa consegue manter a tranquilidade para apreciação de seus projetos na Câmara Municipal, em contrapartida, ao contrário da gestão anterior, muitos dos requerimentos do legislativo estão sendo atendidos pelo executivo municipal, o que agrada muito a base eleitoral dos vereadores.
Roubando a cena
Quem roubou a cena na sessão foi o ex-governador Zé Filho e a Secretária Municipal de Infraestrutura Gracinha Moraes Souza. Gracinha é vista como a grande articuladora do governo Mão Santa, inclusive, considerada por muitos como responsável por diversas alianças entre adversários políticos históricos da família Moraes Souza.

Já Zé Filho traz consigo a força política que o mesmo detém na região norte do estado. Durante sua fala, após ser reeleito, Geraldinho agradeceu a presença do ex-governador Zé Filho e declarou: “agradeço a presença do meu amigo e meu deputado estadual Zé Filho”, confirmando o apoio a Zé Filho, que, em 2018 concorrerá a uma cadeira no legislativo estadual.

Além das menções por todos os vereadores, Zé Filho também foi muito assediado pela imprensa que cobria o evento. Mesmo sem mandato desde 2014 quando deixou o Governo do Estado, Zé Filho nunca perdeu a referência de força e influência política que o mesmo detém no norte do Piauí.

Fonte: Blog do Pessoa

14 de setembro de 2017

Alunos do SESI Piauí participam da etapa regional da OBR 2017

Alunos recepcionados na FIEPI, antes do embarque para Parnaíba
Alunos das Escolas do SESI: Conselheiro Saraiva, de Teresina; Senador Nilo Coelho, de Picos, e Integrada deputado Moraes Souza, de Parnaíba; participam da OBR - Olimpíada Brasileira de Robótica 2017 / Piauí da Modalidade Prática, Etapa Regional, que acontecerá nos dias 14, 15 e 16 de setembro em Parnaíba.

Nesta quarta-feira, dia 13, os alunos das cidades de Picos e Teresina tiveram um momento de integração na sede da Federação das Indústrias do Estado do Piauí (FIEPI), onde serão recepcionados pela Diretora de Educação Básica do SESI, Kátia Luz. Em seguida os participantes seguem para a cidade de Parnaíba, em ônibus da instituição. Os classificados participarão da etapa Nacional, que ocorrerá no mês de Novembro em Curitiba/PR.

A Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR) é uma das olimpíadas científicas brasileiras que utiliza-se da temática da robótica. Tem o objetivo de estimular os jovens às carreiras científico-tecnológicas, identificar jovens talentosos e promover debates e atualizações no processo de ensino-aprendizagem brasileiro.
A OBR destina-se a todos os estudantes de qualquer escola pública ou privada do ensino fundamental, médio ou técnico em todo o território nacional, e é uma iniciativa pública, gratuita e sem fins lucrativos.Na competição do ano passado alunos do SESI Piauí conquistaram títulos


Jânio Holanda – ASCOM/FIEPI