Páginas

22 de janeiro de 2019

Artigo: “Em defesa do SESI e SENAI”

Cortar recursos do Serviço Social da Indústria (SESI) e Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) é acentuar desigualdades regionais. No caso do Piauí e da maioria dos estados do Norte e Nordeste, estas são as únicas instituições com estruturas capazes de atender a demanda das indústrias, fornecendo qualificação profissional e diversos serviços e produtos que compõe uma base nacional.
Além de prejudicar as empresas e suas atuais demandas, a redução dos recursos do SESI e SENAI tornará impossível atender demandas futuras. Isso sem falar na repercussão negativa na nossa economia, que já é bastante fragilizada.
Em nosso caso, os recursos transferidos de outras unidades da Federação representam 70% dos recursos aplicados, e nos permitem ofertar à comunidade por meio do SENAI, um índice de gratuidade de mais de 60% em nossas quase 7.000 matrículas anuais realizadas em 6 Centros de Formação Profissionais, nos 2 centros de tecnologia e nas 7 Unidades Móveis Autotransportáveis que atendem a todo território estadual.
No SESI, atendemos, por ano, a quase 2.500 crianças e jovens em Educação Básica e beneficiamos perto de 10 mil trabalhadores em ações de Segurança e Saúde do Trabalhador, com serviços prestados diretamente a cerca de 500 empresas em 60 municípios. Mantemos uma estrutura composta por 03 escolas de Educação Básica, 04 unidades de Saúde e Segurança do Trabalhador e ainda 14 unidades móveis.
Um Estado como o Piauí, que responde por 0,7% do PIB Nacional, jamais teria uma estrutura de formação profissional dessa qualidade e poderia oferecer esses serviços à sua população, se dependêssemos somente do Setor Público.
Precisamos sim da desoneração da folha de pagamento, mas é preciso que possamos pensar primeiro em alternativas para o financiamento dos serviços oferecidos pelo Sistema S. Olhar para os Estados mais pobres da federação e não deixar desemparados milhares de jovens, trabalhadores e empreendedores, o que acentuará muito mais a pobreza e as desigualdades regionais.
Qualquer política associada a cortes abruptos em programas consolidados precisa ser objeto de criteriosa avaliação dos impactos a serem gerados à competitividade da indústria e a capacidade de inserção de segmentos sociais menos favorecidos no mercado de trabalho.
Antonio José de Moraes Souza Filho
Presidente da Federação das Indústrias do Estado do Piauí
Fonte: Ascom FIEPI

19 de janeiro de 2019

MISSA DE SÉTIMO DIA

A família de Maria Helena de Carvalho Gomes, convida familiares e amigos para a celebração da missa de sétimo dia de seu falecimento, que acontecerá nesse domingo 20, às 12h00, na igreja Santa Ana, no Bairro Piauí. 

A família agradece a todos que comparecerem a este ato de fé e solidariedade cristã.

Prefeitura de Caxingó inicia construção de Praça de Eventos na sede do Município

A Prefeitura de Caxingó, por meio da Secretaria Municipal de Obras, iniciou nesta semana a construção da tão sonhada da Praça de Eventos na zona urbana do Município. O local terá jardins, camarote e palco para apresentações, a obra fica localizada ao lado da academia de saúde.
A obra está orçada em R$ 452.415,56 e é decorrente de um convênio da Prefeitura Municipal com o Ministério do Turismo. A previsão de entrega da obra é para julho de 2019. Nesta semana, a Construtora Mateus Projetos, responsável pelos serviços, está realizando o trabalho de terraplanagem do local.
De acordo com o prefeito Washington Luiz, o objetivo é proporcionar qualidade de vida para os moradores, ampliando as possibilidades de lazer e diversão. O gestor vem atuando na busca de recursos que desenvolvam o município e melhorem a rotina dos caxingoenses.

Fonte: ASCOM

Força Tática apreende 15 tabletes de maconha em Parnaíba



Uma patrulha da Força Tática, do 2º Batalhão de Polícia Militar, de Parnaíba, decidiu realizar a abordagem a dois elementos em atitude suspeita, no Bairro São Vicente de Paulo. A ação ocorreu por volta das 21 horas desta sexta-feira (18),
Ao avistar a viatura, os elementos empreenderam fuga, abandonando uma motocicleta Honda Fan, em frente a uma residência na Rua D. Após abandonarem o veículo e um saco, contento 15 tabletes de maconha, os dois indivíduos fugiram, pulando muros de residências.
A motocicleta foi abandonada em frente à casa da proprietária da mesma, que alegou ter emprestado o veículo para os dois suspeitos, porém, não quis revelar seus nomes e alegou não saber nada sobre a droga.
A motocicleta foi recolhida à Central de Flagrantes de Parnaíba, junto aos 15 tabletes de maconha.


Com informações Tribuna de Parnaíba

9 de janeiro de 2019

Drogas e celulares são encontrados na Penitenciária de Parnaíba


Uma vistoria realizada na segunda-feira (7), na cela 21 da ala 03 da Penitenciária Mista de Parnaíba, foi encontrado 32 trouxas de maconha pesando 150 gramas, além de um aparelho celular, duas baterias de celulares, fone de ouvido e dois carregadores.
Na cela havia 04 detentos da justiça, entre eles: Romiro da Costa Macedo, de 26 anos, natural de Fortaleza, no Ceará, preso no último dia 7 de dezembro de 2018, acusado do crime de roubo.

Kleiton Costa de Souza, de 39 anos, natural de Parnaguá. Confessou que está preso desde o mês de setembro de 2014 na Penitenciária Mista de Parnaíba. Foi condenado a 16 anos de 04 meses de detenção no regime fechado pelo crime de tráfico de drogas.

Maurício Nascimento da Cunha, de 32 anos, cumprindo pena por homicídio desde outubro de 2016. Já havia sido preso também por porte ilegal de arma de fogo em fevereiro de 2013.

Victor Manoel Silva Almeida, de 18 anos, preso por furto e posse ilegal de arma de fogo. Deu entrada no presídio em Agosto de 2018.

Todos os presos foram levados para Central de Flagrantes sendo autuados pela delegada Fernanda Novaes nos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Com informações Catita

Presidente revela que servidor da Cepisa ganhava até R$ 36 mil de salário


O presidente da Cepisa, Nonato Castro, explicou que nos primeiros dois anos de gestão da Equatorial está sendo feito um "enxugamento" da empresa, baseado na produtividade. Segundo ele, há funcionários recebendo até R$ 36 mil.

"Estamos começando a cortar pelos maiores salários", declarou o gestor, acrescentando que antes do lançamento do Plano de Desligamento Voluntário (PDV), haviam sido demitidos cerca de 60 funcionários.

"Ainda está sendo feita uma análise do quadro geral da Cepisa. Tem muita gente sem fazer nada porque não tem o que fazer. Aqui eu tenho 1 milhão e 300 mil clientes [consumidores] e mais de 2 mil funcionários. No Pará, eu tenho 2,8 milhões de clientes e pouco mais de 1 mil funcionários", comparou.

O gestor afirmou que dividindo o montante pago em salários pelo número de funcionários o valor da média salarial da Cepisa é de R$ 12,6 mil. "Isso é insustentável", considera. 

Nonato Castro citou como exemplo de postos que devem ser cortados o caso de uma secretária da diretoria da distribuidora piauiense morando em Brasília. "Além disso, tem gente aposentada recebendo ticket alimentação e adicional de periculosidade, que são benefícios pagos para quem está na ativa, mas a pessoa entra na justiça, ganha e a Cepisa não estava recorrendo", revela o presidente.

O gestor afirma que sua meta é conseguir fazer a Cepisa gerar lucro até o ano de 2021, além disso, até essa data, a empresa deve compor o quadro das 10 melhores distribuidoras do país.

"Eu não tenho um número específico de quantas pessoas podem ser demitidas. Mas desde o começo fui claro quanto a isso: vai haver demissão, sim, porque precisamos enxugar o quadro. Então, até 2021 estaremos voltados para isso, porque temos que cumprir a meta, mas vamos ficar muita gente, tem gente que merece ficar, que é produtivo", esclarece.

Foto: Roberta Aline / Cidadeverde.com
Gestão de metas
Nonato Castro afirmou que a Cepisa seguirá o mesmo modelo de gestão das demais empresas comandadas pela Equatorial, baseado nos pilares meritocracia, resultado, gente e liderança. 

"Nós temos um modelo de gestão no qual o mercado confia. Nossos colaboradores têm metas, recebem prêmios por produtividade, são cobrados e fiscalizados. Até os presidentes são fiscalizados", pontuou.

Nonato Castro é engenheiro elétrico e foi presidente da Celpa, distribuidora de energia do Pará, que também é comandada pela Equatorial. Ao assumir a Cepisa, a Equatorial assumiu também uma dívida de R$ 2,5 bilhões, que está sendo negociada. "A dívida da Celpa era maior, R$ 3,2 bilhões e conseguimos bons resultados. As ações da empresa valorizaram", ressaltou o presidente.

Foto: Roberta Aline / Cidadeverde.com


Fonte: Cidade Verde.com

5 de janeiro de 2019

Caminhão com 2 mil frangos é incendiado na Caucaia

Um caminhão com cerca de dois mil frangos foi incendiado na madrugada deste sábado, 5, em Caucaia, Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Os animais eram transportados vivos e morreram queimados. O crime faz parte da maior sequência de ataques da história do Ceará, com pelo menos 65 atentados

O incêndio do caminhão foi confirmado pelo tenente Romário Fernandes, da assessoria de comunicação do Corpo de Bombeiros Militar do Ceará (CBMCE). 

Os atentados se iniciaram na última quinta-feira, 3. Prédios públicos e privados, ônibus, carros particulares e de empresas, viaduto e fotossensores foram alvo dos ataques. Com as ocorrências, os ônibus em Fortaleza estão circulando sob escolta ou com policiais embarcados. O horário de circulação dos coletivos e do Metrô de Fortaleza foi reduzido.


Redação O POVO Online

EM JERICOACOARA, VÂNDALOS INVADEM CRECHE E ATEIAM FOGO EM ÔNIBUS ESCOLAR


Fomos informados por pm’s do BPTur de Jericoacoara que já no início da manhã deste sábado, 05, vândalos incendiaram um ônibus escolar que estava estacionado em uma creche na Vila de Jericoacoara. O fato está relacionado com a onda de ataques e vandalismo que se espalhou pela capital cearense e agora pelo interior. A polícia efetua diligências a procura dos bandidos e comunica que o policiamento em Jeri será reforçado.

Camocim Polícia 24h

CIDADES DA REGIÃO NORTE SÃO ALVOS DE ATAQUES NA MADRUGADA DESTE SÁBADO

A madrugada foi de ataques na Região Norte do Estado. Há registro de ocorrências nas cidades de Sobral, Massapê, Morrinhos, Acaraú, Tianguá e São Benedito.
Segundo o sargento Gomes Nascimento, da Polícia Militar de Sobral, na Cidade houve um ataque ao prédio da Guarda Municipal e ao Centro de Referência de Assistência Social (Cras) do bairro Vila União.
Conforme o sargento, um ônibus que estava estacionado no pátio da guarda e pertencia à instituição foi incendiado com coquetel molotov e gasolina. Ninguém foi preso. Já no Cras, a Polícia conseguiu impedir o incêndio e apreender quatro pessoas que foram levadas para a delegacia.
Há ainda registro ainda de um ataque à estação do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) do bairro Expectativa.

Massapê
Ainda segundo o sargento da PM de Sobral, em Massapê quatro topiques que fazem viagens intermunicipais foram incendiadas. Ninguém foi preso.

Camocim
De acordo com as informações repassadas ao Camocim Polícia 24h pelo Major Eduardo, comandante da 3ªCia do 3º BPM, a madrugada de sexta pra sábado foi tensa nos municípios de Camocim, Granja, Martinópole, Barroquinha e Chaval, no entanto, não foram registradas ocorrências relacionadas a esta onda de violência.


Fonte: O Povo

Prefeitura de Piracuruca cancela Carnaval 2019


A Prefeitura de Piracuruca através da Secretaria Municipal de Cultura comunica oficialmente que não realizará o Carnaval 2019. Os recursos financeiros serão investidos em segurança pública. Os principais pontos de nossa cidade ganharão câmeras para acompanhar e trazer mais tranquilidade para os piracuruquenses.

Agências bancárias, escolas, órgãos públicos e as principais saídas de nossa cidade serão priorizadas no projeto. A informação oficial foi realizada pelo secretário de Cultura, Fernando César. Ele concedeu entrevista na FM 7 Cidades.

" Um sonho antigo do nosso prefeito Raimundo Alves e do povo piracuruquense. Precisamos trazer paz para nossa cidade. E o sistema de monitoramento vai trazer mais segurança e paz para nossa população. O momento é de priorizar o mais importante" conclui Fernando César.

Fonte: Piracuruca News

2 de janeiro de 2019

PRESO NO CEARÁ SUSPEITO DE HOMICÍDIO EM CAJUEIRO DA PRAIA

Acusado Maike
Um indivíduo identificado penas como Maike foi preso por policiais militares (BPTur de Bitupitá e destacamento de Barroquinha) sob a acusação de porte ilegal de arma de fogo e sob a suspeita de crime de um homicídio ocorrido no município de Cajueiro da Praia, no Piauí.

Entenda

Em um vídeo divulgado nas redes sociais e no Camocim Polícia 24h, Maike foi apontado por “João Pedra” como o autor do assassinato de um indivíduo conhecido como “Chaval”. O crime teria acontecido há dias atrás dentro de uma canoa em uma praia em Cajueiro da Praia. Ainda segundo João Pedra, Maike teria matado Chaval e ficado com com a arma, parte da droga e do dinheiro da vítima. Após terem gravado o vídeo com João Pedra os bandidos teriam lhe executado. O crime que vitimou João Pedra teria acontecido na última quinta-feira dia 27. Relembre o caso AQUI e veja o vídeo abaixo:


Prisão de Maike
Já por volta de 17h do último domingo, 30, pm’s do Bptur de Bitupitá e do destacamento de Barroquinha foram informados que Maike (suspeito do homicídio de Cajueiro da Praia) estaria vindo de uma pescaria no mar e encostaria com a embarcação em uma praia de Bitupitá. O policiamento fez a campana e logo em seguida, o barco chegou, então fizeram a abordagem ao dito suspeito e dentro da embarcação encontraram o revólver que teria sido usado no crime, um revolver Taurus calibre 38 sem munição. Diante dos fatos o suspeito recebeu voz de prisão e foi conduzido a DPC em Camocim, onde foi apresentado ao delegado plantonista, que ao analisar o caso, resolveu autua-lo em flagrante pelo porte ilegal de arma de fogo (artigo 14 da lei do desarmamento). Quanto à suspeita de homicídio, o delegado ouviu o suspeito e encaminhou seu depoimento ao delegado de Cajueiro da Praia-PI, visto que o homicídio ocorreu naquele município.
Assassinato de João Pedra
Quanto aos autores do assassinato de João Pedra ainda não fomos informado como anda o transcorrer das investigações por parte da Polícia Civil de Chaval, no entanto, fomos informados que os autores possivelmente teriam sido os mesmos que gravaram o vídeo com o depoimento de João Pedra.


Camocim Polícia 24h

Prefeito Washington inaugura escola padrão FNDE em Caxingó


O prefeito Washington Luiz (MDB) inaugurou na ultima quinta-feira (27/12/2018), uma nova escola que vai beneficiar centenas de estudantes do município de Caxingó. A nova escola recebeu o nome de ‘Tia Lalá’ e estar apta a receber cerca de 240 alunos, do infantil ao quinto ano.
A nova escola dispõe de quatro salas de aula, cantina, pátio coberto, biblioteca, secretaria, diretoria e banheiros acessíveis. A solenidade de inauguração aconteceu ás 19h00 e contou com a presença do prefeito Washington, vice Chico Barroso, secretária de educação Katia Brito, vereadores, secretários municipais, professores e familiares da homenageada.
Na ocasião, o prefeito comemorou a entrega da obra, que foi promessa de campanha. “Muito feliz hoje de estar aqui comemorando junto com os caxingoenses a inauguração dessa escola que estava com obras paralisadas”, disse.
A escola é a primeira da região com qualidade padrão do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

Com informações Ascom

29 de dezembro de 2018

Parnaíba rompe contrato com Agespisa e decreta emergência por 180 dias

A prefeitura de Parnaíba não renovou o contrato (de 2011) com a Agespisa e retomou os serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário do município. A decisão consta em decreto assinado pelo prefeito Mão Santa e publicado no Diário Oficial do Município desta sexta-feira (28). Por conta da medida, o prefeito decretou estado de emergência na cidade por 180 dias.

O município alega que a empresa não vem fazendo os investimentos necessários e descumprindo normas contratuais da Agência Parnaibana de Regulação de Serviços Públicos (Aserpa). "A população vem sofrendo com sérios problemas de racionamento de água e graves problemas de esgotamento sanitário, que acarretam sérios danos ambientais", diz trecho do decreto.

Ainda de acordo com o decreto, a ausência de comprovação dos investimentos e a inexecução de projetos de ampliação do sistema de abastecimento de água e esgotamento culmina em uma questão de perigo à saúde pública. "A Agespisa hoje não fornece água potável e a população de Parnaíba, Luis Correia e Ilha Grande estão prejudicadas", afirma o documento.

Em virtude do decreto, a Agespisa está impedida de reajustar o valor da tarifa de água, demitir funcionários e impedir o processo de transição.

O decreto de emergência
Em emergência, a Prefeitura de Parnaíba poderá contratar empresas para prestar o serviço de abastecimento de água e esgotamento sanitário sob o regime de permissão. As taxas e tarifas não devem sofrer reajuste durante os 180 dias que o decreto de emergência estiver em vigor.

Em um comunicado publicado no site da Prefeitura de Parnaíba, Mão Santa diz que a decisão não foi tomada de forma arbitrária e que a Agespisa tinha conhecimento do processo administrativo instaurado e que foi dada ampla defesa ao órgão.
Agespisa
Em nota ao Cidadeverde.com, a Agespisa informou que ainda não foi notificada sobre o decreto referente à concessão dos serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário em Parnaíba. 

Fonte: Cidadeverde.com

Bolsonaro diz que liberará posse de arma de fogo por decreto



O presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), afirmou que liberará a posse de arma de fogo por meio de um decreto, assim como tornará o registro da arma definitivo. "Por decreto pretendemos garantir a posse de arma de fogo para o cidadão sem antecedentes criminais, bem como tornar seu registro definitivo", escreveu, no Twitter. 

Bolsonaro não deu mais detalhes sobre qual será a diferença desta mudança para a atual legislação, que já permite a posse de armas de fogo. Sobre o registro, há dois anos, o presidente Michel Temer editou um decreto (Nº 8.935) que mudou de três para cinco anos o período de renovação. 

Eduardo Bolsonaro, deputado federal e filho do capitão do exército, compartilhou a publicação do pai e disse que "muitas outras novidades estão por vir ainda". Eduardo aproveitou para criticar o estatuto do desarmamento e o ex-presidente Lula. "Os mensaleiros aprovaram o estatuto do desarmamento em 2003 a mando de Lula. Desde 2005 o povo pediu via referendo mudanças. Só em 2019, a custa de muito sangue inocente - em torno de 50 a 60.000 assassinatos/ano - foi eleito um presidente que vai ouvir os clamores do povo", disse.

Fonte: Estadão Conteúdo

26 de dezembro de 2018

Irmão menor atira e mata irmã grávida no Maranhão

Um adolescente matou a própria irmã grávida, a funcionária pública Jeane Rouse, no final da tarde de ontem (25) em Governador Edson Lobão. Jeane foi atingida com um tiro de espingarda na região das costas.
A funcionária pública chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu quando deu entrada no hospital.

A família da vítima estava reunida em uma chácara comemorando o Natal. De acordo com informações o adolescente estaria manuseando a arma no momento em que a irmã estava passando pelo local e acabou disparando no abdômen esquerdo da gestante.

A hipótese é de que se trata de tiro acidental. Até o momento o adolescente não foi apreendido.


Fonte: Luís Cardoso