Páginas

27 de março de 2017

Criança precisa de R$ 3 milhões para tratamento de Atrofia Muscular Espinhal

SÃO LUÍS – Aos seis meses, a pequena Marianny Ribeiro Pacheco recebeu o diagnóstico de Atrofia Muscular Espinhal (AME), uma doença rara, degenerativa e que pode levar à morte. Filha de Marleane Alves Ribeiro e Aglaylton Custódio, ela nasceu em Presidente Dutra (MA). Chegou a ser internada em um hospital de São Luís, mas, em junho do ano passado, ela foi encaminhada às pressas à Teresina (PI) para tentar um tratamento adequado.
Na manhã de hoje (27), a madrinha da menina, Larissa de Carvalho, conversou com o Imirante.com por telefone. Ela contou que, como mora há algum tempo na capital piauiense, tem acompanhado Marianny e a mãe dela, Marleane, nesta luta, diariamente.

"Somos, principalmente, nós três [mãe, pai e madrinha] em luta constante nessa campanha para poder levá-la para casa."Larissa de Carvalho, madrinha de Marianny

A garotinha, que hoje tem um ano e seis meses, sofre com cansaços e problemas de sucção e deglutição, o que causa engasgos. Em São Luís, a família chegou a acionar a Justiça para conseguir do Estado do Maranhão o home care, que consiste no tratamento na casa do paciente. No entanto, por duas vezes, o pedido foi negado.

Depois de uma grave crise, a mãe de Marianny resolveu seguir com ela para Teresina, como contou a madrinha. “Ela ficou roxinha, trouxeram ela nas pressas. Foi Deus mesmo”, relatou.

Hoje, a criança está internada no Hospital Infantil Lucídio Portella. Enquanto a mãe cuida de Marianny no Estado vizinho, o pai, que é mecânico, cria o outro filho do casal, de nove anos, no interior do Maranhão. Ele visita a filha internada a cada 15 dias.

Porém, a questão é muito mais complexa porque, para levar a criança de volta para casa, iniciar o tratamento e arcar com o medicamento importado necessário, a família precisa desembolsar R$ 3 milhões. "Já conseguimos R$ 70 mil", informou Larissa.

Tratamento
Marianny precisa de uma medicamento chamado Spinraza-Nusinersen, que deverá ser comprado nos Estados Unidos. Ele visa corrigir o gene defeituoso que causa a doença.

O portador da AME, ainda, precisa de fisioterapia respiratória e motora, sessões de fonoaudiologia, terapia ocupacional e uso de órteses equipamentos para a reabilitação.

Para tentar juntar a quantia milionária, parentes e amigos se mobilizam com sorteios, festas beneficentes e campanhas de arrecadação em redes sociais. No Instagram, a madrinha organiza a campanha por meio do perfil @AMEMarianny. O telefone para contato é (86) 99908-8070.

Dados para doações:
Caixa Econômica Federal

Agência: 2151

Operação: 013

Conta poupança: 52690-7

Marianny Ribeiro Pacheco

Banco Bradesco

Agência: 1136

Conta corrente: 11570-3

Marianny Ribeiro Pacheco

CPF: 623.991.143-70

Fonte: Portal Imirante

Hildo Rocha critica manobra de Dino contra professores: “foi uma traição”


O deputado federal Hildo Rocha disse que a aprovação da Medida Provisória 230/2017, editada pelo governador Flávio Dino, foi mais um duro golpe contra os professores e professores da rede pública estadual de ensino. “Foi uma grande traição do governador a essa categoria que ele tanto prometeu melhorar as condições de trabalho”, lamentou o parlamentar.

A MP, aprovada na semana passada, estabelece reajuste de 8% sobre a Gratificação por Atividade no Magistério (GAM). De acordo com Hildo Rocha, o aumento deveria ter sido sobre o total de rendimentos. “Logicamente, isso agregaria também o aumento da GAM. Mas, a maior parte dos deputados, infelizmente, aceitou mais esse golpe que o governador Flávio Dino deu nos professores da rede pública estadual do Maranhão”, declarou Rocha.

Rocha disse que além de não honrar as promessas de campanha, Dino deixou de cumprir a Lei no 11.738, de 16/07/2008, que regulamenta o piso salarial nacional dos profissionais do magistério público da educação básica, dispositivo que Dino ajudou a aprovar, quando exerceu o mandato de deputado federal, e ainda deixou de cumprir o artigo 32 da Lei 9860/2013 (Estatuto do Magistério do Maranhão). O parlamentar enfatizou os percentuais previstos em lei, que o governador não cumpriu são: 11%, referente ao ano de 2016 e 8%, referente ao ano de 2017.

Legado do governo Roseana
O deputado lembrou que o Estatuto do Magistério do Maranhão foi atualizado em 2013. De acordo com o parlamentar, o estatuto foi construído por deputados estaduais; pela governadora Roseana Sarney e pelos professores. “Na época, o sindicato representava, de fato, os professores. Hoje o sindicato representa o governador Flávio Dino”, destacou Rocha.


Fonte: ASCOM

Anvisa proíbe venda de energético e determina seu recolhimento

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou a proibição de fabricação, distribuição e comercialização de todos os lotes da bebida Dopamina. A medida foi publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira. A agência justificou o pedido como “medida de interesse sanitário”, sem especificar qual a razão.

Dentre as normas listadas na publicação de hoje, a Anvisa cita regulações sobre a restrição do nome de um produto indicar uma propriedade que ele não tem, e sobre níveis seguros do consumo de substâncias presentes em energéticos. Dopamina é um neurotransmissor produzido pelo corpo e associado à sensação de bem-estar. A bebida energética de mesmo nome, contudo, indica em seu site que é feita das substâncias taurina, cafeína e tirosina.

Procurada por VEJA, a Cervejaria Imperial Cidade de Petrópolis, que é responsável pela marca, não se manifestou até o momento.


Fonte: Veja.com

Centro de Especialidades Odontológicas agora conta com 20 especialistas

O Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) da Secretaria Municipal de Saúde, por determinação do prefeito Mão Santa e do secretário Valdir Aragão, passou por uma reestruturação geral e agora dispõe de 20 dentistas para atender a população parnaibana.
Conforme explica o diretor geral do CEO, Leonardo Correia, a equipe assumiu o Centro com apenas cinco dentistas e agora são disponibilizados 20 especialistas que atendem os tratamentos de periodontia, cirurgia buco-maxilo, prótese dentária (canal) e odontopediatria.
Outra novidade é o atendimento exclusivo para pacientes que necessitam de cuidados especiais como pessoas com síndrome de down, diabéticos, hipertensos e portadores do vírus HIV/Aids. De acordo com Correia, o serviço foi criado pensando na segurança e maior conforto para os pacientes.
Elizabete Vieira, que possui um pequeno comércio em sua casa, levou o filho dela de 14 anos para ser atendido e enfatizou a importância dos serviços prestados. “Nem sempre a gente consegue pagar por uma consulta e pelo tratamento de um dentista porque os preços são muito altos. Neste Centro meu filho está conseguindo tratar dos dentes dele de forma segura”, ponderou.
Cada dentista atende cerca de 20 pessoas por semana, totalizando 1.600 atendimentos por mês. A coordenadora do CEO, Priscila Alencar, adianta que no futuro será implantado o serviço de ortodontia para a implantação e manutenção de aparelho ortodôntico.

Sup. de Comunicação- PMP

Tornozeleira eletrônica está em falta em cinco estados

Está faltando tornozeleira eletrônica em pelos menos cinco estados do Brasil. Em Goiás, detentos estão sendo soltos sem o equipamento. No Espírito Santo e no Piauí, a Justiça suspendeu o monitoramento dos presos.


Fonte: G1

Pastor é morto a tiros dentro de igreja evangélica no RJ


Um pastor foi morto a tiros dentro da igreja evangélica Assembleia de Deus Ministério Apascentando Ovelhas, durante um culto na noite deste domingo (26) no bairro Santo Antônio, em Manilha, Itaboraí, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro.

O crime ocorreu por volta das 20h30 e, quando a polícia chegou ao local, a vítima, identificada como Custódio Gonçalves, de 57 anos, já estava sem vida. Ainda não se sabe o que teria motivado o assassinato.

A Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí assumiu a investigação do caso. Ainda durante a madrugada desta segunda-feira (27), um suspeito foi levado à delegacia para prestar depoimento.

Amigos da vítima disseram que Custódio também trabalhava na Guarda Municipal de Itaboraí. Nas redes sociais, muitas pessoas comentaram sobre o crime e postaram mensagens de homenagem ao pastor e de apoio á família. "Que o senhor receba o nosso irmão em seu reino e lhe dê paz e o merecido descanso", diz uma das postagens.

Fonte: G1

Prefeitura de Cocal realiza solenidade em homenagem à mulher


Prefeitura de Cocal realiza solenidade em homenagem à mulher
Na noite desse sábado (25), a Prefeitura de Cocal, por meio da Secretaria Municipal da Mulher, Cidadania e Direitos Humanos, realizou o “Chá com Elas”, solenidade em homenagem às mulheres, no Ginásio Poliesportivo Governador Mão Santa. O evento faz parte da programação do “Março Mês da Mulher" e contou com a participação de cerca de 400 mulheres.

Autoridades como o prefeito Rubens Vieira; o deputado estadual Georgiano Neto; a secretária da Mulher, Marilene Almeida; secretária de Educação, Raimundinha Albuquerque; secretária de Assistência Social, Deuzenir Portela; entre outros, participaram do evento.

Na oportunidade foi realizada a entrega da premiação para a Escola de Ensino Médio Deputado Pinheiro Machado e para a escola Ceep Rural Deputado Ribeiro Magalhães, também conhecida como Escola Agrícola de Cocal, ambas vencedoras do concurso de redação promovido pela Secretaria da Mulher. Durante o evento também foram entregues as medalhas às campeãs do torneio de futebol referente ao “Março Mês Mulher” e ainda foi escolhida a Mulher do Ano 2017.

O prefeito Rubens Veira lembra que a cidade de Cocal foi fundada por uma mulher e que estas têm uma jornada de trabalho de multitarefas. “Nós queremos uma administração que valorize a mulher e foi pensando nisso, pensando no valor da mulher cocalense, que nós criamos a Secretaria da Mulher. Sabemos que a mulher tem uma grande jornada de trabalho, ela tem que cuidar do lar, da família, e na maioria das vezes ainda tem que trabalhar para sustentar a casa. Isso mostra que a mulher é que é o sexo forte. É importante destacar também que a cidade de Cocal foi criada e emancipada por uma mulher, Camila Silva”, frisa.

A secretária da Mulher, Marilene Almeida, ressalta o trabalho da recém criada Secretaria e afirma que a cidade de Cocal está sendo privilegiada com a pasta. “A Secretaria da Mulher, apesar de ser nova, tem apenas três meses, já nasceu grande. Nesse mês a gente fez as atividades do mês da mulher, com práticas esportivas, com palestras para as mulheres não só conhecerem seus direitos, mas saber também dos seus deveres. E o mais importante é que nós temos a participação maciça não só da população feminina, mas também dos homens que aprovam uma Secretaria que não tem em todo município, Cocal está sendo privilegiada", diz.

MULHER DO ANO
Na solenidade deste sábado, aconteceu pela primeira vez a premiação "A Mulher do Ano", que teve como homenageada Maria do Carmo Cardoso de Araújo, conhecida como Irmã Do Carmo. Ela é gestora da Escola José Basson e um nome importante para a Educação do município de Cocal.

Irmã do Carmo afirma que ficou surpresa com a homenagem e agradeceu a população. “Para mim foi uma grande surpresa, fui convidada para o evento como todos os outros , eu não sabia que eu iria ser escolhida a Mulher do Ano, mas no momento que ouvi meu nome, destacando minha trajetória de vida, foi uma surpresa muito boa. Estou muito feliz e muito grata a toda população de Cocal!”, diz.

INCENTIVO AO ESPORTE
Jéssica, jogadora da Fênix, equipe que foi campeã do torneio de futsal promovido pela Secretaria da Mulher , destaca a importância do incentivo ao esporte. “Eu achei muito importante esse torneio porque além de incentivar a mulher a vir para o esporte, incentiva o esporte e a inclusão da mulher em tudo que ela quiser fazer. Eu quero agradecer à Secretaria da Mulher por ter promovido esse campeonato”, diz. 

A programação do “Março Mês da Mulher” continua durante essa semana com oficinas para as mulheres empreendedoras. As oficinas vão acontecer na Câmara Municipal, nos dias 27 e 29 de março, de 17h às 22h, e vão ser ofertadas pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Piauí (SEBRAE).

Fonte: ASCOM

Esta semana o Paraíba está com as melhores ofertas em guarda-roupas. Confira!

25 de março de 2017

CHARGE DO DIA

carge2503
Fonte: DN

Prefeito de Cocal visita obra de asfaltamento


Prefeito de Cocal visita obra de asfaltamento
Na tarde dessa sexta-feira (24), o prefeito de Cocal, Rubens Vieira, acompanhado de secretários do município, visitaram obras de mobilidade urbana que estão sendo realizadas na cidade. As obras vêm para melhorar a qualidade de vida da população.

Participaram da visita o secretário de Saúde, Jefse Vinute; a secretária de Educação, Raimundinha Melo; o secretário de Obras e Engenharia, Antônio Carlos Camelo; além do Sr. Manoel, que faz parte da equipe da Prefeitura de Cocal.

A obra em questão está sendo realizada na estrada vicinal que liga a cidade de Cocal ao entroncamento da BR-343 e que passa por comunidades como Videu e Cajueiro.

De acordo com o prefeito Rubens Vieira, a obra foi pleiteada junto ao Governo do Estado. “As máquinas já estão mobilizadas para darem início ao asfaltamento, uma obra que conseguimos junto ao governador Wellington Dias”, diz.

Rubens Vieira também destaca que o asfaltamento da estrada vai trazer mais qualidade de vida para a população de Cocal. “Nós buscamos os recursos para essa obra com o governador Wellington Dia porque sabemos da importância que essa estrada tem para a população. Muitas pessoas precisam passar por aqui diariamente para chegar à Cocal e agora elas vão ter uma estrada de qualidade para transitar”, finaliza.


Fonte: ASCOM

EM DESTAQUE


  Manoel da Polo (Vice-Prefeito de Araioses)

Imagem: Panorama Araiosense

24 de março de 2017

Mão Santa garante contribuir para instalação de unidade da Fazenda da Paz em Parnaíba

O prefeito Mão Santa, junto ao vice-prefeito Marcos Samaronne, receberam na manhã dessa quinta-feira (23), o Bispo Diocesano de Parnaíba, Dom Juarez Sousa da Silva e o Sr. Celio Barbosa, coordenador geral da Fazenda da Paz.
O Terapeuta e coordenador geral, Célio Barbosa, natural do estado de Minas Gerais, e que há 23 anos mantém a instituição que é responsável por retirar pessoas com dependência química do mundo das drogas, solicitou ao prefeito, Mão Santa, a doação de um terreno de 50 hectares, próximo de o local onde está sendo construído o Matadouro Municipal, para erigir um sonho, que é construir uma unidade da Instituição em Parnaíba.
“Nós precisamos de um pedaço daquele terreno, nas proximidades do Matadouro Municipal, uns 50 ou 60 hectares onde possamos construir as instalações da Fazenda. Aquele local é ideal por ficar a 21 quilômetros da cidade e bem próximo da BR, o que facilitará muito nossas atividades”, ressaltou Celio Barbosa.
“Nós já temos a planta em mãos e um orçamento de R$ 850 mil para tocarmos essa obra, que não é apenas um abrigo para dependentes químicos, pois lá teremos plantações, marcenaria, escola de informática e outras oficinas para ajudar na reintegração desses pacientes na sociedade e, o que é melhor, curados da dependência química”, disse.
O Bispo de Parnaíba, Dom Juarez Sousa da Silva, enfatizou que a Fazenda terá 494 m² de área construída, espaço suficiente para ajudar os irmãos presos às drogas. “Nós já temos as condições financeiras necessárias para o empreendimento, mas os nossos parceiros internacionais precisam ter a certeza que já temos o domínio do terreno para a construção”, pontuou Dom Juarez.
O prefeito Mão Santa deu o aval para o projeto, autorizando o seu chefe de gabinete, Israel Correia, a providenciar todo o tramite legal para doação, em cessão de uso, do terreno para a construção da unidade da Fazenda da Paz em Parnaíba, que será denominada de “Santa Cruz da Parnaíba”.


Superintendência de Comunicação- PMP

Veja a programação dos 79 anos de Emancipação política de São Bernardo do Maranhão

23 de março de 2017

Carne fraca: cidade goiana não sabe o que fazer com 150 mil perus

A tensão que o embargo da carne causou em todo o país tem testado seus limites na pequena cidade de Mineiros, município de 60 mil habitantes a 450 quilômetros de Goiânia. O clima é de desespero entre os produtores de peru e frango do município, que abastecem o complexo frigorífico da BRF Perdigão, unidade que está com as portas fechadas desde sexta-feira, quando a Polícia Federal deflagrou a Operação Carne Fraca.

No entra e sai que há uma semana tumultua o escritório da Associação dos Avicultores Integrados da Perdigão em Mineiros (Avip), os produtores de aves buscam alguma resposta sobre o que será feito com os milhares de animais que já estão em fase de abate pelo frigorífico. “O que temos para dizer é simplesmente alarmante”, afirma Fábio Lemos, vice-presidente da associação. “Estamos perdidos. Não temos nenhuma relação com as acusações, mas estamos aqui sozinhos, sem ter a menor ideia do que vai acontecer.”

A unidade da Perdigão de Mineiros é um dos três frigoríficos que tiveram suas linhas de produção paralisadas por determinação do Ministério da Agricultura, até que se apurem as eventuais falhas sanitárias investigadas pela Polícia Federal. Em operação regular até a semana passada, o frigorífico teve sua licença sanitária aprovada em fevereiro e vinha abatendo diariamente cerca de 25 mil perus, aves que são enviadas ao exterior, principalmente a países da União Europeia.

Com o fechamento da unidade, as 219 granjas do município travaram as atividades. Nos últimos seis dias, cerca de 150 mil perus que deveriam ter deixado os criadouros para serem abatidos na unidade da BRF tiveram de continuar no campo. Esse problema se agrava diariamente, não apenas por conta do volume de aves acumuladas, mas principalmente pelo peso que os animais passam a ganhar.

O limite do peso para abate de cada ave, segundo os produtores, é de até 25 kg. Em média, os animais, conhecidos como “peru pesado”, estão com cerca de 20 kg no momento do abate. Ao permanecerem nas granjas, eles ultrapassam 25 kg e não podem mais entrar na linha de produção por conta da configuração técnica da fábrica. Ou seja, não poderão ser processados pela unidade da Perdigão, além de não atenderem às exigências de boa parte dos compradores internacionais.

Nas fazendas de Mineiros, dentro de galpões ventilados 24 horas por dia e com temperatura mantida constantemente em 27 graus, há 4,3 milhões de perus em alguma fase de sua vida de seis meses até o abate. A produção no frigorífico é permanente e ocorre de segunda a sábado, o ano todo. Por dia, 25 mil aves deveriam seguir para a unidade de processamento, mas estão em cativeiro, e continuam a engordar. Por isso, cada dia de paralisação nesse processo gera um efeito em cascata em toda a cadeia.

As acusações que envolvem a unidade da BRF em Mineiros são de pagamento de propina a fiscais agropecuários para evitar o fechamento da unidade e facilitar a emissão de autorizações sanitárias. Dois funcionários tiveram prisão preventiva decretada e um vice-presidente foi alvo de condução coercitiva e busca e apreensão.


Fonte: Veja.com

Atividade e emprego na indústria da construção continuam em queda, diz CNI


Construção.
A atividade e o emprego na indústria da construção continuam em queda, embora tenham apresentado retração menos intensa nos últimos dois meses. “A longa trajetória de queda da atividade fez com que a indústria da construção operasse, em fevereiro, no menor nível de sua capacidade desde o início da pesquisa, em janeiro de 2012”, informou, nesta quinta-feira (23), a Confederação Nacional da Indústria (CNI).

De acordo com a sondagem industrial da construção em fevereiro, o cenário de fraca atividade e alta capacidade ociosa mantém baixa a intenção dos empresários de investir. “Para os próximos meses, as perspectivas dos empresários para o setor ainda são negativas, embora o pessimismo seja inferior ao observado ao longo de 2016”, destacou o relatório.

O indicador de nível de atividade atingiu 40,3 pontos em fevereiro, alta de 1 ponto em relação ao mês anterior. O indicador de número de empregados passou de 38,4 pontos em janeiro para 38,9 pontos em fevereiro.

Índice de utilização cai
Segundo os números, o nível de atividade da indústria da construção permanece muito abaixo do usual para o mês. O indicador de atividade efetivo/usual manteve-se praticamente estável na passagem de janeiro para fevereiro, passando de 28,5 para 28,8 pontos.

A utilização da capacidade de operação atingiu o menor nível da série histórica (53%). O índice encontra-se 2 pontos percentuais abaixo do de janeiro e 10 pontos percentuais abaixo da média histórica para o mês de fevereiro.

Expectativas ainda pessimistas
A CNI informou que os indicadores de expectativa caíram no mês de março, após duas altas consecutivas em janeiro e fevereiro. O índice de expectativa do nível de atividade diminuiu 1,2 ponto na passagem de fevereiro para março. No entanto, permanece próximo da linha divisória de 50 pontos que separa expectativa de crescimento e de queda.

Os indicadores de expectativa de novos empreendimentos, serviços e de compras de insumos e matérias-primas caíram, respectivamente, 0,5 e 1,2 ponto entre fevereiro e março. O índice de expectativa do número de empregados passou de 47,1 em fevereiro para 46,1 pontos em março.


Fonte: Imirante.com