Páginas

30 de março de 2015

Pit bull de vizinho escapa, ataca e arrasta menina de 2 anos em MT


Menina teve corte profundo no braço após ataque de pit bull (Foto: Arquivo pessoal/ Letícia Santos)Uma menina de dois anos foi atacada e arrastada por um cachorro da raça pit bull quando chegava em casa na companhia da mãe e da tia, na noite do último sábado (28), em Barra do Garças, a 516 km de Cuiabá. A mãe da criança contou que o animal escapou no momento em que o dono abriu o portão da frente para entrar na residência. Do lado de fora, o cão já correu em direção à menina.
Letícia Santos disse que foi impossível evitar que ele a atacasse, mas que todos se uniram para retirar o cachorro de cima da vítima. "Ela [criança] tinha acabado de chegar com a minha irmã, a peguei do carro e a coloquei na calçada. O vizinho estava chegando e ao abrir o portão o cachorro saiu e abocanhou a minha filha e a arrastou", afirmou.
Letícia disse que havia dois dias que tinha se mudado com a família para essa casa e que ainda não sabia o quanto o animal do vizinho era perigoso. "A dona disse que ele [cachorro] é vacinado, mas se está em observação e se temos que aguardar os 10 dias para verificar se vai acontever algo com ele", explicou. Os cães podem liberar o vírus da raiva 10 dias antes de aparecerem os sintomas da doença.Para que o animal parasse de atacar a menina, a mãe e a tia bateram na cabeça dele com um capacete, mas ele não soltou a criança. E, então, o dono do cachorro segurou na coleira dele, até que ele deixou a menina. A vítima teve ferimentos no braço, no rosto e nas costas. Ela foi levada para um hospital da cidade e levou pontos no braço direito, onde teve um corte profundo.


Fonte: G1

Presidente da Câmara de Parnaíba prestigia jogo de Futebol Máster em Parnaíba

O presidente da Câmara Municipal de Parnaíba, Gustavo Lima, prestigiou no último domingo (29/03) o Desafio Máster de Futebol Society promovido pela Prefeitura de Parnaíba através da Secretária de Esportes e Lazer.
Além do Vereador Gustavo Lima, prestigiaram o evento o Prefeito de Parnaíba, Florentino Neto; Secretário de Esportes e Lazer, Heleno Maia; o Presidente da Federação Piauiense de Futebol Society, Amauri Carneiro além de vários jogadores, familiares e amigos.
No campo o confronto da Seleção de Parnaíba contra a Seleção de Betim de Minas Gerais, que vieram especialmente para este jogo por conta própria. Foi uma Partida muito disputada, com destaque para os goleiros que trabalharam bastante.
Apesar de terem uma idade maior, deixaram muitos jovens inspirados com a qualidade do futebol apresentado. Gols só na segunda etapa, a Seleção de Parnaíba abriu o marcador e ampliou, mas deixou a Seleção de Betim empatar e terminou tudo igual, 2x2 placar final.
Segundo Amauri carneiro, Presidente da Federação Piauiense de Futebol Society, a modalidade é a mais praticada no estado, por isso a federação foi criada, para organizar o esporte e disciplinar a modalidade. “A FIFA já mostrou interesse em chancelar a categoria e o Piauí não pode ficar de fora” explicou Amauri.
No final do evento os jogadores receberam medalhas e de acordo com a regra, o time visitante faturou o troféu. Vários atletas foram homenageados pela a vida de dedicação ao esporte.


ASCOM CMP

Remédios devem ter reajuste de até 5,90%

Image-0-Artigo-1824383-1Brasília. O consumidor deve estar atento aos preços e preparar o bolso para os aumentos que ocorrerão a partir de amanhã (31) no valor dos remédios. Os medicamentos com preço controlado deverão sofrer um reajuste médio entre 5,40% e 5,90%, conforme cálculo do Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos no Estado de São Paulo (Sindusfarma), com base nos fatores da fórmula de reajuste publicados na última quinta-feira, pela Secretaria-Executiva da Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED) no Diário Oficial da União.
Por meio de três comunicados, a CMED divulgou os fatores da fórmula - os chamados fatores X e Y - e as classes de medicamentos que sofrem o reajuste. A partir dessa informação, a indústria consegue antecipar o percentual de aumento dos produtos, que deverá atingir 19 mil apresentações de medicamentos. A previsão é que o percentual oficial seja divulgado pelo governo, amanhã.
Em fevereiro, o Ministério da Saúde e a Anvisa anunciaram novos critérios para adequar o índice de aumento "à realidade do mercado farmacêutico". Na ocasião, o governo antecipou que o reajuste deverá ficar abaixo da inflação e menor em relação ao que seria calculado com a regra anterior. A estimativa oficial é de que haja uma redução na ordem de R$ 100 milhões nos gastos com medicamentos no Brasil em um ano, para o mercado geral de medicamentos do país, para as famílias, governos e prestadores de serviços que compram medicamento.


Fonte: Diário do Nordeste

Redução da maioridade penal deve passar sem dificuldade na CCJ da Câmara

CCJ deve aprovar a redução da maioridade penal
CCJ deve aprovar a redução da maioridade penal
Integrantes da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara que advogam a favor e contra a redução da maioridade penal já fizeram a conta.
A proposta deve ser aprovada lá numa proporção próxima a 70% favoráveis à redução e 30% contrários.

Fonte: Lauro Jardim / Veja

Clínica Viver - Prevenir é o melhor remédio

WhatsApp é tentador, mas cuidado ao repassar o que recebe por ele

Compartilhar fofocas, informações maldosas e imagens constrangedoras pelas redes sociais pode implicar em crime
Thinkstock Photos
Compartilhar fofocas, informações maldosas e imagens 
constrangedoras pelas redes sociais pode implicar em crime
Se no começo das redes sociais – lá nos tempos do Orkut, por volta de 2005 – a comunicação ficava a um acesso ao computador de distância, hoje, no auge do WhatsApp, ela está no bolso da maioria das pessoas. Inicialmente um substituto gratuito para o envio de mensagens entre smartphones, o aplicativo foi ganhando recursos até chegar ao status atual de queridinho para a comunicação em grupos.
Como em um fórum, os participantes enviam, recebem, comentam e passam adiante recados, notícias, fotos e vídeos. Então criou-se um problema: esse repassar quase sempre é feito sem checar se a informação é verdadeira ou se vai ferir os direitos de alguém que seja citado ou aparecer em imagens. Tanto faz se o assunto é política ou um vídeo de sexo.
“Ainda falta a noção de ética nessa comunicação”, crava a psicóloga Andréa Jotta, do Núcleo de Pesquisas da Psicologia em Informática da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (NPPI/PUC-SP). “As pessoas simplesmente gostam e repassam, ou não gostam e repassam. Não há um nível de consciência, é um comportamento automático.”
Assim, fofocas e falsas notícias passam a se disseminar como se fossem verdadeiras. E fotos e vídeos de “revenge porn” (aqueles em que ex-namorados ou ex-maridos expõem as mulheres fazendo sexo) caem rapidamente em sites e na boca do povo. “Mas como, se só mandei para um grupinho de seis pessoas?”, perguntam-se os usuários.
Falsa sensação de privacidade e controle
A falsa ideia de que a comunicação ocorre apenas entre as pessoas escolhidas é o ponto-chave da questão. “Por estarem com aquilo em seus smartphones pessoais, e não em um computador, as pessoas têm uma falsa sensação de que a privacidade e o controle sobre o conteúdo são maiores do que nas redes sociais”, diz Andréa.
Segundo a psicóloga, isso é um erro por dois motivos. O primeiro é o afetivo: “Encaminhar ou deixar o parceiro ver um arquivo tem funcionado como prova de amor entre casais. Se tornou símbolo de confiança. Mas isso não significa que ele não poderá repassar para quem quiser. Os destinatários tornam-se remetentes e não tem como haver controle sobre isso.”
Há, também, o aspecto tecnológico. “O WhatsApp guarda registros de tudo que é feito nele. Cada informação fica armazenada no smartphone que a enviou ou recebeu, e ainda em um backup em nuvem. Uma vez lá, as informações podem ser hackeadas e cair na rede a qualquer momento”, alerta.
Então, é bom pensar antes de encaminhar algo que tenha recebido. “Todo cuidado é pouco, não se pode deixar levar por emoção, descontrole, raiva”, orienta Gisele Truzzi, advogada especialista em direito digital e sócia-proprietária de Truzzi Advogados. Ela prossegue: “A tecnologia cria um distanciamento que faz as pessoas acreditarem que estão ilesas, não serão identificadas. Mas qualquer ação deixa rastros, e eles acabam revelando a autoria de um conteúdo. A pessoa produz provas contra si.”
Responsabilidade jurídica
Que fique claro que ninguém vai rastrear o caminho de mentiras ou fotos e vídeos constrangedores espalhados pelo WhatsApp apenas para dar uma bronca. Quando isso ocorre, é porque medidas judiciais estão sendo tomadas e um processo está a caminho – tanto para o autor quanto para quem compartilhou, que pode ser julgado e condenado como coautor.
“Qualquer pessoa que repassar um conteúdo negativo consegue compreender que aumenta o risco de exposição negativa e de ofensa contra o indivíduo. Há responsabilidade jurídica tanto na esfera cível quanto na criminal, com penas que vão de multa a detenção”, afirma Gisele.
Ela explica os crimes mais comuns nesses casos: “calúnia – quando se imputa um crime a uma pessoa sem que ela tenha sido julgada –; injúria – quando uma pessoa sofre cyberbullying, por exemplo –; e difamação – quando se expõe a pessoa a um constrangimento ou se mancha sua imagem perante o público”.
O caminho das pedras
Até chegar nesse ponto, a vítima precisa ter registrado um boletim de ocorrência em qualquer delegacia de polícia – não precisa, inicialmente, ser uma especializada em crimes cibernéticos. Para tanto, ela deve estar munida de uma ata notarial em que conste o teor da mensagem ofensiva. “Isso é feito em um cartório de notas, preferencialmente por um tabelião que tenha experiência em lavrar esse tipo de documento”, ensina Gisele.
A ata poderá ser feita mediante “prints” de telas. A advogada destaca que “é muito importante que o ofendido não apague as mensagens e, preferencialmente, faça backup delas em outras mídias, como um HD externo”. O documento é uma prova incontestável, ou seja, sua validade não poderá ser questionada no futuro processo.
Mas evitar tudo isso é muito simples: basta ter bom senso e respeito pelo próximo, e não fazer contra os outros o que não gostaria que fizessem com você. Como aconselha Gisele, “o que não deve ser falado pessoalmente deve ser evitado também, e principalmente, virtualmente''.

Fonte: IG.com

29 de março de 2015

Mandatos de prefeitos e vereadores poderão ser prorrogados por mais 2 anos



Ainda no segundo semestre deste ano, Deputados e Senadores votarão a Reforma Política e um item é destaque: a prorrogação dos mandatos, por mais dois anos, de todos os prefeitos e vereadores eleitos em outubro de 2012. Eles terão, portanto, seis anos de mandato.
O projeto é deputado federal Edmar Arruda e segundo ele, em entrevista a uma emissora de TV nesta semana, afirmou que os parlamentares vão aprovar o projeto. “O clima é pela aprovação”, disse.
Com isso, em 2018 — explicou Edmar — haverá eleição única para presidente da República, governadores, deputados estaduais, federais, senadores, prefeitos e vereadores.


Fonte: Poder Tocantinense

Wellington Dias decreta ponto facultativo na próxima quinta-feira

O governador Wellington Dias decretou a próxima quinta-feira, 2 de abril, como ponto facultativo em razão da Semana Santa. O decreto número 15.987 foi assinado no dia 26 de março e publicado no Diário Oficial do Estado da última sexta-feira (27).
Wellington Dias(Imagem:Lucas Dias/GP1)
O governador considerou o tradicional deslocamento dos servidores nos dias da Semana Santa para o interior do estado e considerou também dar oportunidade aos servidores de cumprirem com suas obrigações religiosas. 

O decreto vale para todos os órgãos da Administração Pública Estadual Direta, Indireta, Autárquica e Funcional do Poder Executivo.


Fonte: GP1

Macaxeira gigante quebra recorde no Ceará e faz sucesso entre moradores


Macaxeira gigante faz sucesso na cidade e moradores pedem para tirar fotos (Foto: TV Verdes Mares/Reprodução)
Um agricultor de São Luís do Curu, no interior do Ceará, colheu nesta semana uma macaxeira gigante, de 112 quilos. A raiz comestível é também conhecida como macaxeira ou aipim em outras regiões do Brasil.
A macaxeira gigante colhida pelo técnico agrícola Antônio Alzemar fez tanto sucesso na cidade que as pessoas tiram foto enquanto ele desfila nas ruas de São Luís do Curu. O tubérculo foi plantado no quintal de Alzemar há um ano e três meses e surpreendeu pelo tamanho.
“Comecei a arrancar, quando vi, me assustei. Fui cortando, tirando a macaxeira. Tentei puxar sozinho e não conseguiu, chamei meu filho que me ajudou a tirar ela toda”, conta Alzemar.
A maior macaxeira encontrada no Ceará tinha 55 quilos, segundo a Empresa de Assistência Técnica Rural do Ceará (Ematerce), e essa tem mais que o dobro.
A macaxeira serve para consumo animal e humano, mas Antônio Alzemar não quer levá-la para panela. Ele prefere passear com a raiz pela cidade. “Só aqui em Curu que existe esse tipo de coisa, é uma terra abençoada”, diz Carlos Menezes, que pousou ao lado da macaxeira.Segundo o técnico da Ematerce Fernando Assunção, a macaxeira atingiu o tamanho recorde devido ao bom cuidado do solo. “Em primeiro lugar o excesso de material orgânico no local onde essa planta se desenvolveu. Em segundo lugar, o prazo que ela passou plantada para a colheita. Ela é uma planta com 15 meses e deveria ter sido colhida com 12 meses. Esse excesso de matéria orgânica fez com que ela se desenvolvesse. É um caso que não acontece normalmente”, explica.
O agricultor dá dicas de como obter uma macaxeira gigante e saudável. “Não faça queimadas, não queime folhas, aproveite os restos culturais, aproveite o adubo natural da material orgânica”, diz.

Fonte: G1

28 de março de 2015

Mulher é alvejada com tiro e acusado se suicida no bairro Reis Velloso


Uma tragédia aconteceu por volta das 9h de hoje (28), no imóvel de n° 5001, na Av. São Sebastião no bairro Reis Velloso, em Parnaíba. O mototaxista Marcos Antonio de Sousa Nascimento, de 37 anos, lesionou com um tiro na barriga, a Bela. Maura Virginia Araujo Silva, de 43 anos. 
Segundo apurou o tenente Armando, da Polícia Militar, que esteve no local da ocorrência, o mototaxista Marcos Antonio chegou na casa da vítima pedindo 50 reais emprestado e ela respondeu que não tinha dinheiro, daí começou uma discussão e Marcos Antonio sacou uma pistola Bereta 6.35 e disparou contra Maura Virginia e em seguida se suicidou com um tiro na cabeça. A vítima Maura Virginia foi socorrida pelo SAMU e levada para o Hospital Estadual Dirceu Arcoverde, de onde deverá ser removida nas próximas horas para o HUT (Hospital de Urgência de Teresina). Marcos Antonio é o mesmo que alguns anos atrás, matou uma professora e escondeu o corpo dentro de um poço no bairro Catanduvas.


 Texto: Yuri Gomes / Fotos: Blog do Pessoa, Portal do Catita

27 de março de 2015

LEVA TUDO PARAIBA

Prefeitura de Cocal inicia construção de Escola Modelo no povoado Santo Hilário


A Prefeitura de Cocal iniciou na quarta-feira (18) a construção de uma escola modelo acompanhada de uma quadra poliesportiva coberta no povoado Santo Hilário, zona rural do município. O prédio depois de concluído se tornará a sede escolar da região e atenderá o alunado do ensino fundamental da própria localidade e de regiões vizinhas.
Prefeito visita obra da onstrução de Escola Modelo(Imagem:Divulgação)
O Prefeito Rubens Vieira, acompanhado do Vereador Edílson do Segundo Campo e do Secretario Municipal de Governo- Jefse Vinute, estiveram na tarde desta quinta-feira (26), conferindo de perto o andamento dos trabalhos. 

A escola será ampla, moderna, com espaços adequados, em condições de receber mais de 200 alunos por turno, cujo objetivo principal é oferecer uma educação de qualidade, promovendo o bem estar e o desenvolvimento físico dos jovens. 

O projeto foi elaborado minuciosamente, tudo separado por três blocos: serviço, pedagógico e administrativo. A escola ainda será dotada de jardins e passarelas cobertas para os alunos chegarem até as salas de aula. Bancos de concreto e bebedouros também estão no projeto. Cada sala de aula terá capacidade para acomodar em torno de 35 alunos.
Prefeito visita obra da onstrução de Escola Modelo(Imagem:Divulgação)
A obra está orçada em R$ 1.868.976,74 (um milhão oitocentos e sessenta e oito mil, novecentos e setenta e seis reais e setenta e quatro centavos) oriundos de recursos próprios do município e prevê a construção de seis salas de aulas, pátio para recreação, além da área destinada a professores, diretoria, cozinha, almoxarifado, dispensa, área de serviço, dentre outros cômodos, priorizando a acessibilidade com as adequações necessárias para portadores de necessidades especiais.
Com os recursos assegurados e já em conta, a FZ Construções e Serviços EIRELLI-ME, responsável pela execução da obra, já deslocou uma grande quantidade de material que será utilizado na construção da escola que deverá ser concluída num prazo de 180 dias.
Prefeito visita obra da onstrução de Escola Modelo(Imagem:Divulgação)
Com os recursos assegurados e já em conta, a FZ Construções e Serviços EIRELLI-ME, responsável pela execução da obra, já deslocou uma grande quantidade de material que será utilizado na construção da escola que deverá ser concluída num prazo de 180 dias.
Prefeito visita obra da onstrução de Escola Modelo(Imagem:Divulgação)
Projeto(Imagem:Divulgação)
Prefeito visita obra da onstrução de Escola Modelo(Imagem:Divulgação)

Fonte: ASCOM

CHARGE DO DIA

charge
Fonte: DN

Clínica Viver - Viva com saúde

Aprovado projeto que torna crime hediondo o assassinato de policial em serviço

BRASÍLIA - Projeto de lei que torna crime hediondo e homicídio qualificado assassinar policial, bombeiro militar, agentes penitenciários e integrantes das Forças Armadas e da Força de Segurança Nacional, quando estiverem em serviço, foi aprovado hoje (26) pela Câmara dos Deputados. Originário do Senado, o projeto retorna aos senadores para nova apreciação por ter sido modificado pelos deputados.
O projeto prevê ainda que o agravamento da pena se estende em caso de assassinato do cônjuge, companheiro ou parente até o terceiro grau do agente público de segurança. Em tais casos, a pena será de reclusão de 12 a 30 anos, enquanto, no caso de homicídios simples, a pena de reclusão varia de seis a 20 anos. O texto dos senadores não tratava de penas no caso dos parentes dos agentes públicos.
O projeto aprovado altera o Código Penal e a Lei de Crimes Hediondos e estabelece que a lesão corporal cometida contra agentes de segurança em serviço e seus parentes será aumentada de um terço a dois terços.

São classificados atualmente como crimes hediondos o genocídio, a tortura, o estupro, o latrocínio e o sequestro, entre outros. Esses delitos não recebem indulto, anistia ou graça e não podem ser objeto de fiança.

Fonte: Imirante.com