Páginas

31 de outubro de 2014

"O diabo existe, não é um mito", diz papa Francisco


Entre os últimos seis papas, o atual sumo pontífice é o que mais fala sobre o combate ao diabo e ao mal, afirmam especialistas em Igreja Católica
No Vaticano, Papa Francisco recebe os organizadores, jogadores e convidados do 'Jogo da Paz', que será realizado nesta segunda-feira (01), no Estádio Olímpico de Roma
O papa Francisco disse em sua homilia nesta quinta-feira no Vaticano que “o diabo não é um mito” e a vida cristã é uma "batalha contra o satanás, o mundo e as paixões da carne”. Não é a primeira vez que o sumo pontífice fala da existência do diabo e, segundo especialistas na Igreja Católica ouvidos pelo jornal italiano La Repubblica, nenhum dos últimos seis papas têm falado tantas vezes das tentações do mal como o papa argentino. Como bom jesuíta, Francisco têm constantemente alertado os fiéis sobre "as ciladas do diabo".
"Não se pode pensar em uma vida espiritual, uma vida cristã, sem resistir às tentações, sem lutar contra o diabo, sem o uso da armadura de Deus, como disse São Paulo", afirmou o papa. Ele também sublinhou que a vida em Deus deve ser defendida e a luta contra as tentações e o mal “não é um simples confronto, mas uma batalha sempre em curso". Em uma crítica à sociedade contemporânea, o sumo pontífice disse que "esta geração têm sido levada a acreditar que o diabo é um mito, uma figura, uma ideia, a ideia do mal. Mas o mal existe e devemos combatê-lo”.
Big Bang – Nesta semana, outra declaração do papa já tinha sido alvo de especial atenção entre os fiéis e entre a comunidade científica. Francisco reconheceu as teorias do Big Bang e da evolução como corretas e disse que elas não são incompatíveis com a existência de um criador supremo. As declarações foram feitas nesta segunda em evento na Pontifícia Academia de Ciências, no Vaticano. "Quando lemos no Gênesis [primeiro livro da Bíblia] sobre a criação, corremos o risco de imaginar que Deus tenha agido como um mago, com uma varinha mágica capaz de criar todas as coisas. Mas não é assim", disse.
Em seguida, ele ressaltou que a Teoria do Big Bang, a explicação mais aceita pela comunidade científica atualmente para a origem do mundo, não se opõe à necessidade de existência do criador divino. O papa demonstrou concordar com a Teoria da Evolução e lembrou, entretanto, que ela "requer que, antes, os seres tenham sido criados". "Deus criou os humanos e permitiu que se desenvolvessem seguindo leis internas que deu a cada um para que alcançassem sua realização", afirmou Francisco.

Fonte: Veja.com

Votar o aumento do FPM é inevitável, diz o presidente da Câmara dos Deputados

Agência LARUma declaração importante para o movimento municipalista. De acordo com o presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), votar o aumento do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) é inevitável. A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 426/2014 aguarda para ser pautada no Plenário da Casa. Ela precisa ser aprovada em dois turnos para depois ser promulgada.
Segundo reportagens da Agência Brasil e da Agência Câmara, esta matéria é uma das prioridades elencadas por Alves. Durante a XVII Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, em maio deste ano, ele recebeu milhares de prefeitos na rampa do Congresso e prometeu não somar esforços para conseguir mais recursos aos governos municipais. Desde então, a promessa tem sido cumprida, pois ele interferiu também para que a Comissão Especial que analisou a PEC tomasse decisão o mais rápido possível.
“A situação dos Municípios hoje é dramática, insustentável. [Os Municípios] receberam muitas demandas, muitas obrigações, contrapartidas, estão sem orçamento, sem autonomia. Certamente vamos votar na próxima semana”, disse o presidente.
Mais recursosA PEC 426/2014 foi elaborada pela Confederação Nacional de Municípios (CNM). Apresentada no Senado e na Câmara ao mesmo tempo, a mais rápida delas, a proposta do Senado, chegou à Câmara com a previsão de 1% de aumento. Segundo o texto, será 0,5% em 2015 e 1,5% em 2016. Esta elevação seria afixada na Constituição Federal e valeria todos os anos a partir da aprovação. O FPM passaria de 23,5% para 24,5% da soma do Imposto de Renda e do Impostos sobre Produtos Industrializados.
Antes e depois da Marcha, em Mobilizações Permanentes, a CNM tem conseguido aos poucos fazer este projeto avançar. Falta apenas este passo para a conquista, pois, se os deputados não alterarem o texto, ela não volta para o Senado. Como se trata de uma PEC, não vai à sanção. É promulgada diretamente pelo Congresso Nacional.


Fonte: CNM

30 de outubro de 2014

PSDB pede auditoria especial na eleição presidencial ao Tribunal Superior Eleitoral

Partido ressaltou que confia no sistema e só tomou a medida atendendo a dúvidas levantadas nas redes sociais


BRASÍLIA – O PSDB apresentou um pedido ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de auditoria especial nas eleições deste ano. A solicitação foi protocolada nesta quinta-feira pelo deputado Carlos Sampaio, coordenador jurídico da campanha presidencial de Aécio Neves. A intenção é formar uma comissão de especialistas indicados pelos partidos políticos para verificar a lisura do processo. O resultado proclamado pelo TSE foi de 51,64% dos votos válidos para Dilma Rousseff (PT) e 48,36% para o tucano, uma diferença inferior a 3,5 milhões de votos.

No pedido, há a ressalva de que o partido confia no sistema e só tomou a medida atendendo a dúvidas levantadas nas redes sociais, onde há até a defesa da recontagem dos votos. O partido argumenta que a credibilidade do sistema brasileiro precisa ser reafirmada.

“A legitimidade da representação popular, em qualquer país democrático, está diretamente relacionada com a confiança do povo brasileiro no processo eleitoral e nas instituições públicas. Neste momento, as manifestações de uma parte considerável da sociedade brasileira não estão em consonância com esta esperada confiança, o que exige dos órgãos responsáveis pelo processo eleitoral e dos agentes que participaram das eleições, ações concretas para que quaisquer dúvidas sejam dissipadas”, argumenta.

O pedido é que a comissão tenha acesso a cópias dos boletins de urna e demais documentos gerados em todas as sessões eleitorais, dos arquivos eletrônicos com a memória dos resultados, além dos logs originais e completos das urnas eletrônicas e de transmissão e recebimento dos dados da apuração. Solicita-se ainda acesso a todas as ordens de serviço e registros técnicos sobre manutenção e atualização dos serviços técnicos relativos ao segundo turno, aos programas de totalização de votos e aos programas e arquivos de urnas utilizadas, que seriam escolhidas aleatoriamente em todos os estados e em pelo menos dez cidades de cada um.

O documento ressalta que a impressão do voto, que seria uma forma de auditoria automática, foi considerado inconstitucional. Por isso, na visão do partido, seria necessário formar a comissão para dissipar quaisquer dúvidas sobre a lisura do processo.

Em nota divulgada junto com o pedido, o PSDB afirma que as formas de fiscalização atuais “têm se mostrado ineficientes para tranquilizar os eleitores quanto a não intervenção de terceiros nos sistemas informatizados”. Diz ser seu objetivo buscar garantir certeza de que os eleitos são mesmos os escolhidos pela população.

“Reiteramos nossa confiança na Justiça Eleitoral. Portanto, o que pretendemos com essa medida judicial é garantir que todo e qualquer cidadão também possa ter a certeza de que nossos representantes políticos são, de fato, aqueles que foram escolhidos pelo titular da soberania nacional: o povo brasileiro”, diz a nota.


Aécio volta terça a Brasília, retorna ao Senado e presidirá grande reunião do PSDB já como principal líder da oposição no país


Aécio aclamado ao ser eleito presidente do PSDB, em       (Foto: Gazeta do Povo)
Aécio aclamado ao ser eleito presidente do PSDB, em maio de 2013 (Foto: Gazeta do Povo)
O ex-candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves, ainda não viajou para descansar da campanha eleitoral.
Na próxima terça-feira, dia 4, retoma seu mandato no Senado da República (que se estende até fevereiro de 2019).
No dia seguinte, quarta-feira, 5, como presidente do PSDB, presidirá reunião da Executiva Nacional do partido com todos os governadores, senadores e deputados federais tucanos eleitos, assumindo, na prática, o papel de líder inequívoco da oposição, após obter 51 milhões de votos na disputa pelo Planalto.
“Começa a nova e firme oposição”, avisa uma das pessoas mais próximas do senador.

Fonte: Veja.com

Prefeitura de Buriti dos Lopes faz limpeza em cemitérios para o Dia de Finados

Equipes da Prefeitura de Buriti dos Lopes estão intensificando a limpeza nos cemitérios da cidade por causa da proximidade com o Dia de Finados, no dia 02 de novembro.

Desde a semana passada a Prefeitura está fazendo a capina, pintura e reparos de todos os cemitérios.
Para o chefe da limpeza pública Izaias Pereira, a data é muito importante e por isso merece uma atenção especial com os cemitérios. “Além de realizarmos constantemente a limpeza nestes locais, estamos dando uma melhorada nesta época, onde muitos buritienses têm seus entes queridos sepultados. Temos que preparar o local para o dia da visita”, disse Izaias.

No cemitério Nossa Senhora dos Remédios, o mais antigo da cidade, os trabalhos foram intensificados. No local estão sepultados buritienses ilustres, como o ex-deputado Wenceslau de Sampaio e os ex-prefeitos Francisco das Chagas Val, Zezita, Cruz Sampaio, Bernardo Correia Lima Filho, Tomaz Romão de Sousa, dentre outros.

O local deverá ser um dos mais movimentados. O cemitério da Igualdade no bairro Acampamento também recebeu limpeza e pintura e está sendo esperado um grande número de pessoas.
 
 

Fonte: ASCOM

Saúde quer vacinar 12,7 milhões de crianças contra paralisia neste ano

O ministro da Saúde, Arthur Chioro (esquerda), e o secretário de Vigilância em Saúde, Jarbas Barbosa (Foto: Raquel Morais/G1)
O Ministério da Saúde anunciou nesta quinta-feira (30) que pretende vacinar 12,7 milhões de crianças contra paralisia infantil neste ano. O número corresponde a 95% do público-alvo, que é formado por crianças entre 6 meses e 5 anos. As aplicações ocorrem entre 8 e 28 de novembro.
A poliomielite é uma doença contagiosa que afeta principalmente crianças com menos de 5 anos. Ela pode causar paralisia em algumas horas e, em alguns casos, ser fatal. O Brasil não registra casos da doença há 25 anos.
De acordo com a pasta, serão distribuídas 17,8 milhões de doses da vacina em gotas para todas as unidades da federação. A recomendação, no entanto, é que as secretarias estaduais disponibilizem a imunização injetável para crianças que tenham mais de 6 meses e estejam com a vacinação atrasada.
Dados do ministério apontam que dez países registraram casos de poliomielite em 2013 e em 2014. Até 22 de outubro, foram 228 casos da doença, no Afeganistão, Nigéria e Paquistão.
"[Isso] coloca o mundo inteiro com a responsabilidade de fazer a proteção, porque a poliomielite não está erradicada no mundo. Pode ter família que pense que a criança não precisa tomar a vacina, mas com o mundo globalizado de hoje, de viagens e turismo, o mundo todo tem contato com o mundo hoje", explicou o secretário de Vigilância em Saúde, Jarbas Barbosa.

A pasta vai disponibilizar mais de 100 mil postos de vacinação em todo o Brasil. Além disso, serão feitas campanhas na televisão e no rádio, tendo o Zé Gotinhas como principal personagem. Os personagens infantis Peppa Pig e Minions também serão usados nas peças publicitárias.
Sarampo
No mesmo período da campanha contra a pólio, o ministério também vai vacinar crianças de 1 a 5 anos contra sarampo, caxumba e rubéola. Serão distribuídas 12,5 milhões de doses de tríplice-viral, e a meta é atingir 10,9 milhões de crianças.
O lançamento da campanha vai ser feito pelo ministro Arthur Chioro no Ceará, que neste ano registrou casos de sarampo. A doença, que tem febre alta, tosse, manchas avermelhadas, coriza e conjuntivite como principais sintomas, é transmitida por vírus e é altamente contagiosa.
Chioro afirmou que o objetivo é superar a meta de 95%. "Não tem outra alternativa para a gente que não seja a mobilização nacional e a intensificação da cobertura. Teremos um sábado, que é o dia 8 de novembro, como da mobilização mais intensificada, mas é importante deixar claro que manteremos os serviços todos em mobilização até 28."
O ministro destacou a importância de seguir o calendário vacinal, já que há casos de crianças que não se imunizaram com doses anteriores. Neste ano, foram registrados 154.637 casos de sarampo em 175 países.

 Fonte: G1

Comunicado Armazém Paraíba


O Armazém Paraíba informa que em virtude do dia do comerciário nenhuma de suas lojas estarão abertas neste dia 30/10/2014. Retomaremos nossas atividades normais com muitas promoções e novidades nesta sexta feira dia 31/10/2014.
 
Agradecemos sua compreensão.

Multa por ultrapassagem perigosa e “racha” fica 10 vezes mais cara

Multa por ultrapassagem perigosa e racha sobe para R$ 1.915,40.Foto: Detran
Quem é fã de velocidade e adora arriscar a vida perigosamente em ultrapassagens é bom pensar 10 vezes e parar de fazer tal insanidade.  É que o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) coibirá com mais vigor essa infração aumentando em dez vezes o valor da multa,  endurecimento assim, as penalidades.
Essa medida faz parte do pacote de alterações legislativa propostas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) para diminuir as mortes no trânsito em 50% até 2020. Na prática, essa nova Lei (12.971/2014) modificará onze dispositivos do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) e entrará em vigor já no próximo mês, em novembro.
“Racha” está incluso
As principais alterações estão relacionadas às multas. Assim como em ultrapassagens indevidas, a prática de “rachas” também terá o valor atual majorado em 10 vezes, saltando de R$ 957,70 para R$ 1.915,40. No caso da ultrapassagem, para ser pegue, o condutor terá que ser flagrado forçando passagem entre veículos. Em todas essas infrações, o motorista flagrado reincidindo nos 12 meses seguintes, terá a multa dobrada, alcançando o valor de R$ 3.830,80. Além disso, a prática de “racha” torna-se crime de homicídio culposo.

Fonte: Diário do Nordeste

Molécula de carrapato pode ajudar no combate ao câncer

Uma molécula produzida a partir da saliva do carrapato Amblyomma cajennense, conhecido como carrapato-estrela, pode ajudar no desenvolvimento de um medicamento contra o câncer. A descoberta foi feita por pesquisadores do Instituto Butantan, da Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo. Pesquisas identificaram que a proteína encontrada no parasita era capaz de destruir tumores cancerígenos sem causar danos a células saudáveis. O estudo obteve sucesso em camundongos e coelhos e aguarda autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para testar a nova droga em humanos.

Para coordenadora da pesquisa Ana Marisa Chudzinski-Tavassi, responsável pelo Laboratório de Bioquímica e Biofísica do instituto, os resultados obtidos em dez anos de pesquisa indicam que há regressão significativa e até mesmo a cura de tumores no pâncreas, no rim e na pele.


Fonte: ISTOÉ

29 de outubro de 2014

Copom surpreende e eleva taxa básica de juros para 11,25% ao ano

O Comitê de Política Monetária (Copom), do Banco Central (BC), surpreendeu parte do mercado financeiro e elevou para 11,25% ao ano a taxa básica de juros (Selic), na noite desta quarta-feira (29).
Segundo projeções de analistas, a alta era esperada apenas para a última reunião do comitê, em dezembro.
A decisão ficou dividida em cinco votos a favor e três votos pela manutenção da taxa Selic em 11% a.a.
De acordo com o comunicado do Banco Central, votaram pela elevação da taxa Selic para 11,25% a.a. os seguintes membros do Comitê: Alexandre Antonio Tombini (Presidente), Aldo Luiz Mendes, Anthero de Moraes Meirelles, Carlos Hamilton Vasconcelos Araújo e Sidnei Corrêa Marques. Votaram pela manutenção da taxa Selic em 11,00% a.a. os seguintes membros do Comitê: Altamir Lopes, Luiz Awazu Pereira da Silva e Luiz Edson Feltrim.
Para o consumidor, a oscilação da Selic influencia os juros cobrados em operações de crédito, como o rotativo no cartão e cheque especial.
A taxa é a principal ferramenta do BC para manter a inflação dentro da meta estabelecida pelo governo, que é de 4,5% em 2014, com limite máximo de 6,5%.
A 11,25% ao ano, a Selic está no maior patamar desde outubro de 2010, quando foi reduzida de 12% para 11,5% pelo Copom, e vem sendo mantida nesse nível desde abril de 2014.

Fonte: Ig.com

Centro Recreativo Lagoa do Portinho - SESI comemora Dia do Comerciário


O Centro Recreativo Lagoa do Portinho - SESI, está comemorando o Dia dos Comerciários nesta quinta-feira 30. Banho de piscina, almoço regional, cerveja geladinha e música ao vivo a partir das 13 horas.

Turbulência à vista: Câmara convoca dois ministros de Dilma

Plenário da Câmara dos Deputados, em Brasília
A Câmara dos Deputados impôs uma segunda derrota ao governo de Dilma Rousseff na primeira semana pós-eleições. Depois de derrubar o decreto que cria a Política Nacional de Participação Social, a Casa aprovou nesta quarta-feira a convocação de dois ministros, Neri Geller (Agricultura) e Edison Lobão (Minas e Energia) – este citado no escândalo do petrolão -, para depor na Comissão de Agricultura, integrada em sua maioria por deputados de oposição. Aliados do Palácio do Planalto, parlamentares do PT e do PMDB entraram em obstrução para evitar a aprovação das audiências, mas não obtiveram sucesso. Por se tratar de uma convocação, não convite, os ministros obrigatoriamente terão de atendê-la.
O deputado Ronaldo Caiado (DEM-GO), um dos principais líderes da oposição, protagonizou um dos momentos mais tensos da sessão ao afirmar que em breve os auxiliares da petista vão ser levados ao Congresso "debaixo de vara". "Ministro tem de ser convocado sim. Se não, daqui a pouco ministro vai vir aqui embaixo de vara", disparou. 
Conforme os requerimentos, Geller dará esclarecimentos sobre o controle de qualidade de vacinas contra a febre aftosa, e Lobão, sobre a venda de 51% das Centrais Elétricas de Goiás (Celg) à Eletrobrás. Inevitavelmente, contudo, Lobão será confrontado com as denúncias de corrupção dentro da Petrobras. “Ele tem muito o que falar sobre a Petrobras. Os escândalos atingem exatamente a pasta dele. Para mim, ele não teria de ser convocado, mas sim demitido”, afirmou o deputado Nilson Leitão (PSDB-MT). De acordo com o ex-diretor Paulo Roberto Costa, Lobão é um dos políticos envolvidos no esquema do petrolão.
A sessão nesta quarta foi marcada pela troca de acusações e pelo clima eleitoral. “Vamos tentar negociar. Esse clima de eleição não faz bem ao país. Temos de aprovar as coisas respeitando o ritual e a Casa”, disse o deputado Márcio Macêdo (PT-SE), que tentava transformar a convocação dos ministros em convite – que poderia ser recusado. “Chega a ser engraçado o PT e seus aliados agora cobrando diálogo. Eles fizeram a campanha mais suja e sórdida do país, denegrindo a imagem das pessoas por não terem competência do debate”, disse o líder do DEM, deputado Ronaldo Caiado.
Na noite de terça-feira, a Câmara deu a primeira evidência das dificuldades que Dilma terá com os congressistas: derrubou o decreto que cria a Política Nacional de Participação Social, proposta pessoalmente desenhada pela presidente e pelo ministro Gilberto Carvalho (Secretaria-Geral da Presidência). Para a Câmara, Dilma atropelou os poderes do Parlamento ao apresentar a medida por meio de uma canetada, sem antes passar pelo Congresso. 

Fonte: Veja.com

Aécio diz que vai fiscalizar ações do governo Dilma

Depois de ser derrotado no segundo turno das eleições presidenciais do último domingo, 26, o senador Aécio Neves (PSDB-MG) divulgou um vídeo nas redes sociais dizendo que tem recebido centenas de milhares de à presidente Dilma Rousseff (PT) o segundo mandato consecutivo. E argumentou que disputou uma eleição desigual, "com o outro lado usando a máquina pública, a infâmia e amanifestações de todo o Brasil, a maioria delas de enorme tristeza pela resultado das eleições, que deu mentira."

Depois das críticas, o tucano disse que aconteceu algo extraordinário neste pleito. "O Brasil acordando e as pessoas indo para as ruas para serem protagonistas da construção do seu próprio destino e esta é a maior força que temos hoje, a união para fiscalizar as ações deste governo e cobrar os resultados", disse, emendando que os seus eleitores podem ficar tranquilos porque ele estará "vigilante e atento" para que cada compromisso de campanha de Dilma seja cumprido. "Senão, será denunciado", reiterou.
 
 
Fonte: ISTOÉ

Zé Filho assume a vice-presidência da Confederação Nacional das Indústrias

O governador do Piauí e presidente licenciado da Federação das Indústrias do Estado do Piauí (Fiepi), Zé Filho, tomou posse como vice-presidente na Confederação Nacional da Indústria (CNI), nessa terça-feira (28), em Brasília. A solenidade contou com a presença de todos os presidentes de Federação Estaduais da Indústria.
A votação consensual aconteceu no dia 13 de maio, onde votaram os presidentes das 27 Federações da Indústria do Brasil e membros da direção da Confederação. Robson Braga e a nova diretoria comandam a CNI no quadriênio 2014-2018.
Robson Braga de Andrade foi eleito em 2010 para o primeiro mandato como presidente da CNI. Ele presidiu a Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (FIEMG) também por dois mandatos. Ele é o 13º a ocupar mais alto posto da CNI, instituição fundada há 75 anos.
Diretoria 2014-2018
Presidente:
Robson Braga de Andrade
1º Vice-Presidente:
Paulo Antonio Skaf
2º Vice-Presidente:
Antonio Carlos da Silva
3º Vice-Presidente:
Paulo Afonso Ferreira
Vice-Presidentes:
Paulo Gilberto Fernandes Tigre
Flávio José Cavalcanti de Azevedo
Glauco José Côrte
Eduardo Eugenio Gouvêa Vieira
Edson Luiz Campagnolo
Jorge Parente Frota Júnior
Eduardo Prado de Oliveira
Jandir José Milan
José Conrado Azevedo Santos
Antônio José de Moraes Souza Filho
Marcos Guerra
Carlos Gilberto Cavalcante Farias


Fonte: ASCOM

FPM: terceiro repasse de outubro é 1,32% menor que a previsão da Receita Federal

Agência CNMO terceiro decêndio de outubro do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) será de R$ 1.078.276.314,57. Este valor tem descontado o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). O montante bruto, sem a retenção do Fundeb, é de R$ 1.347.845.393,21. O repasse será feito nesta sexta-feira, dia 30.
De acordo com cálculos da Confederação Nacional de Municípios (CNM), este decêndio é 1,32% menor do que o previsto pela Receita Federal no início do mês. Em comparação com o mesmo repasse do ano passado, houve queda de 21% em termos nominais, sem considerar a inflação.
No acumulado do mês de outubro, o FPM somou R$ 4.992 bilhões. A soma do mesmo período do ano passado foi de R$ 4.948 bilhões. Portanto, o aumento foi de 0,9% em termos reais – considera a inflação. O acumulado de todo o ano, até este último repasse, é de R$ 63.229 bilhões contra os R$ 61.045 bilhões de 2013. O crescimento é de apenas 3,6%, aponta a CNM.
Previsão para novembroA Receita Federal estima que em novembro, o Fundo de Participação cresça 55% em relação a outubro. A CNM ressalta que este valor é apenas uma projeção e pode ser alterada.


Fonte: CNM