Páginas

18 de abril de 2019

É falsa a informação de que o mestre Bita do Barão morreu agora à noite

Nas redes sociais, em diversos grupos de WhatsApp, em vários facebook, páginas do Instagran e até em sites, como blogs das cidades de Timon e Teresina, informam que o maior umbandista do Brasil, Bita do Barão, faleceu agora à noite. Não é verdade.
Em conversa com o titular do blog, jornalista Luis Cardoso, um parente bem próximo informou, por volta das 00h10, que o meste Bita continua em um hospital particular de Teresina respirando com o uso de aparelhos, mas que já foi despachando ontem no período da tarde pelos médicos, conforme publicou mais cedo aqui o blog.

Atualização às 7h15: Janaína, filha e herdeira de Bita do Barão informou ao jornalista Célio de Andrade que o pai virá para Codó assim que tiver condições de viajar e que os médicos que estão cuidando dele em Teresina irão emitir agora pela manhã uma nota oficial para informar sobre o estado de saúde.

Ela garantiu que ele ficará em Codó sob cuidados médicos em casa e negou que os aparelhos por onde Bita respira serão retirados; até para não comprometer os médicos.


Fonte: Blog do Luís Cardoso

16 de abril de 2019

Polícia Rodoviária Federal prepara ‘Operação Semana Santa’ no Piauí

A Polícia Rodoviária Federal prepara para às 00h de quinta-feira (18/04) a Operação Semana Santa. A operação deve se estender até às 23h59 do dia 21/04, no Domingo de Páscoa.

A PRF prepara ações que serão desenvolvidas ao longo de todas as rodovias federais e contará com agentes em convocação extraordinária que serão distribuídos de norte a sul do estado. Durante esse período, as fiscalizações serão intensificadas com intuito de proporcionar uma maior segurança pra todos os usuários que transitarem por nossas rodovias federais.

Ações pontuais foram realizadas nos dias que antecederam a Semana Santa como parte do planejamento para a ação que será desenvolvida esta semana. Apreensão de animais, comandos educativos, fiscalização ostensiva direcionadas a motociclistas e combate ao crime foram ações que se desenrolaram durante esse período.

Em 2018, 18 acidentes foram registrados pela PRF e uma pessoa veio a óbito durante a Semana Santa.


Fonte: PRF

DIVULGAÇÃO

FIEPI promove entrega de cestas básicas às vitimas das enchentes no Piaui


O presidente da Federação das Indústrias do Estado do Piauí (FIEPI), Zé Filho, por meio do Serviço Social da Indústria (SESI-PI) realizou a entrega de centenas de cestas básicas às famílias desabrigadas, vítimas das enchentes ocorrida neste período na região Norte do Estado.
A iniciativa visou atender cerca de 2 mil famílias, uma doação superior a 20 toneladas de alimentos, que foram distribuídos no período de 11 a 13 de abril em residências, abrigos e alojamentos improvisados, beneficiando, os municípios de Parnaíba, Luís Correia, Caxingó e Cajueiro da Praia, no Norte do estado, onde foram registrados os piores índices em consequência das enchentes.
O presidente da FIEPI, Zé Filho, visitou os principais pontos de alagamento e constatou as dificuldades enfrentadas por centenas de pessoas. Zé Filho reiterou que a entrega dos donativos faz parte da corrente de solidariedade que se formou em decorrência dos transtornos causados pelas chuvas. “O SESI tem sua missão social junto à comunidade e em um cenário de tantas carências, precisamos contribuir para minimizar o impacto do tamanho deste estrago”, finalizou dizendo “Precisamos unir forças, levar um pouco de alento às vítimas”.
Uma equipe de colaboradores do Sistema FIEPI, acompanhou o presidente da entidade Zé Filho e a ex-deputada Juliana Moraes Souza, durante a entrega das cestas para população.

ASCOM/FIEPI

14 de abril de 2019

Mega-Sena, concurso 2.142: ninguém acerta as seis dezenas e prêmio vai a R$ 52 milhões

Bilhete volante loteria megasena mega sena versão 2018 — Foto: Marcelo Brandt/G1
Bilhete volante loteria megasena mega sena versão 2018 — Foto: Marcelo Brandt/G1
Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.142 realizado na noite deste sábado (13) em Botucatu (SP). O prêmio acumulou e pode pagar R$ 52 milhões no próximo sorteio.

Veja as dezenas: 07 - 40 - 44 - 50 - 52 - 57.

A quina teve 65 apostas ganhadoras; cada uma levará R$ 55.484,51. Outras 5.028 apostas acertaram a quadra; cada uma receberá R$ 1.024,68.

Para apostar na Mega-Sena
As apostas podem ser feitas até as 19h (de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país ou pela internet. A aposta mínima custa R$ 3,50.

Probabilidades
A probabilidade de vencer em cada concurso varia de acordo com o número de dezenas jogadas e do tipo de aposta realizada. Para a aposta simples, com apenas seis dezenas, com preço de R$ 3,50, a probabilidade de ganhar o prêmio milionário é de 1 em 50.063.860, segundo a Caixa.

Já para uma aposta com 15 dezenas (limite máximo), com o preço de R$ 17.517,50, a probabilidade de acertar o prêmio é de 1 em 10.003, ainda segundo a Caixa.


Fonte: G1

Bolsonaro confirma convocação de mil policiais federais

O presidente Jair Bolsonaro confirmou hoje (14) a convocação de mais de mil policiais federais aprovados em concurso público no ano passado. A medida havia sido anunciada na última quinta-feira (11) pelo ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, como parte das ações dos primeiros 100 dias de governo. Com o pacote anticrime, proposto pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, e que está em tramitação no Congresso Nacional, a 14/04/2019 Bolsonaro confirma convocação de mil policiais federais - , nomeação do novo efetivo para a Polícia Federal faz parte do plano para combater o crime organizado e a corrupção no país. 

Combate à corrupção 
“O objetivo é compor gradativamente o quadro de inteligência, como no trabalho da Lava-Jato (combate à corrupção) e outros serviços de segurança nacional dentro do orçamento possível destes primeiros 100 dias de mandato”, escreveu Bolsonaro em sua conta no Twitter. O concurso previa a contratação de 500 pessoas, com nível superior de escolaridade, para as cinco carreiras policiais: 150 para delegado; 60 para perito criminal federal; 80 para escrivão; 30 para papiloscopista e 180 para agente de polícia federal. Os aprovados estão em fase de convocação para a última etapa do concurso, que é o curso na Academia Nacional de Polícia. A formação dura aproximadamente cinco meses e tem caráter eliminatório. 

Fonte: G1

Comerciante morre após colisão na PI-210 no litoral do Piauí


Um grave acidente deixou uma vítima fatal e outro ferido, na noite deste sábado (13), no município de Ilha Grande, na PI 210 entre os municípios de Ilha Grande e Parnaíba, no litoral do Piauí.
Segundo informações, um comerciante identificado como Mauricio dos Santos, 35 anos, que seguia em uma motocicleta modelo Fan, de cor preta, morreu após colidir em uma pick-up S10. O motorista do carro modelo Pick-up S10, se evadiu do local sem prestar socorro às vítimas.
A Polícia Militar de Ilha Grande esteve no local para preservar a cena do acidente. Um carona identificado como Francisco Aguiar Sousa que estava na motocicleta com Mauricio foi levado para o Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (HEDA). Uma equipe do Instituto de Criminalística fez o levantamento do acidente. O corpo de Mauricio foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML).

Com informações Jornal da Parnaíba

12 de abril de 2019

Distúrbio cerebral raro faz aluna do Piauí ler e escrever de cabeça para baixo


Um distúrbio cerebral raro faz com que Sandra Nascimento, aluna do 1º ano da Unidade Escolar Professora Maria do Socorro Sampaio Martins, localizada no município de Caxingó, a 270 km de Teresina, escreva e leia de cabeça para baixo. A estudante sofre do 'fenômeno de orientação espacial', que faz com que o cérebro não processe as imagens normalmente.

"É um transtorno raro na formação da imagem. Na verdade a gente enxerga de cabeça para baixo, mas o cérebro inverte, deixando a imagem na direção correta, o que não acontece nesse caso", explicou o neurologista Raimundo Feitosa Neto.

Por isso, Sandra, escreve e lê de cabeça para baixo. Outras atividades, como digitar no teclado do computador e manusear o celular, ela faz normalmente. Ela disse que a escrita à mão, no entanto, a acompanha desde a infância.

“Eu sempre escrevi de cabeça para baixo. Meus professores já tentaram ver ser eu conseguiria escrever normal, mas eu não consigo. Quando os professores pedem pra eu escrever no quadro, por exemplo, não fica legível”, disse.
Estudante mostra como escreve de cabeça para baixo — Foto: Reprodução/G1 PI
Na escola, a estranheza dos colegas é natural, mas não é algo que atrapalhe a aluna no rendimento escolar. “Meus colegas olham admirados e perguntam como eu consigo fazer isso. Ficam inconformados. Mas eles me tratam normalmente, inclusive meus professores”, falou.

Quem garante é a diretora, Márcia Rodrigues. Segundo ela, a estudante faz parte de um alunado que estuda no ensino regular da escola, sem nenhum auxílio especial.

“Na verdade, ela não tem nada de diferente. A Sandra faz parte do primeiro ano regular, em uma sala com mais de 30 alunos e todos são normais, sem nenhuma especialidade. Ela acompanha o ritmo de todos. É inusitado, mas nada que possa atrapalhar seu rendimento”, reforçou a professora.

Maria do Carmo, mãe da jovem, acredita que a filha tem um dom e que nunca precisou ir a um especialista da saúde para descobrir o fenômeno, pois a garota não precisa de auxílios especiais.

“Desde criança que ela escreve e lê assim, com tudo de cabeça para baixo. Os professores tentaram mudar, mas nunca conseguiram. Pra mim é um dom, porque ela escreve bem e tem a letra bonita, apesar desse modo dela. Nunca procurei um médico, porque o dom dela não prejudica em nada. Só me preocupo com a coluna dela. Ela força muito as costas e sente dores devido à posição”, disse a mãe de Sandra.

Especialistas explicam que os olhos da jovem processam as imagens normalmente, mas o cérebro é que entende de maneira diferente.

José Marcelo, estagiário sob supervisão de Catarina Costa / Fonte: G1 / PI

CEMADEN alerta para alto risco de inundações no município de Buriti dos Lopes

O Centro Nacional de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais (CEMADEN) emitiu nesta quinta-feira (11) um boletim de alerta máximo reportando a possibilidade de ocorrência de inundação da planície de abrangência dos rios Longá, Parnaíba e seus afluentes. Atenção especial é para diversos povoados de Buriti dos Lopes.

O alerta de risco no município é para as comunidades Ponte do Jandira, Várzea do Simão, Barra do Longá, Vale do Iracema, Passagem das Canoas e Coroa de São Remígio.
Povoado Barra do Longá em Buriti dos Lopes.
Tendência
A previsão meteorológica indica continuidade da chuva para as próximas horas e a possibilidade de acumulados expressivos para as próximas 24 horas em toda a bacia do Parnaíba.

Recomendações
A Defesa Civil está atuando de acordo com as recomendações do CDEMADEN, neste momento de alto risco de inundações, assim como seu impacto em potencial junto à população. Segundo o secretário de Infraestrutura de Buriti dos Lopes, a Prefeitura está atenta aos alertas que tem recebido e segue monitorando toda a região, no sentido de informar e dar suporte as famílias em risco. O Governo do Estado já decretou estado de emergência no município.

Portal Boca do Povo

FIEPI distribui 18 toneladas em cestas básicas para vítimas de enchentes em Parnaíba

A Federação das Indústrias do Estado do Piauí (FIEPI), por meio do Serviço Social da Indústria (SESI-PI) está realizando a entrega de centenas de cestas básicas às famílias desabrigadas, vítimas das enchentes ocorridas neste período. A iniciativa visa atender cerca de 2 mil famílias, uma doação superior a 18 toneladas de alimentos, que estão sendo distribuídos em residências, abrigos e alojamentos improvisados, beneficiando inicialmente, os municípios de Parnaíba, Luís Correia e Cajueiro da Praia, no norte do estado, onde foram registrados os piores índices em consequência das enchentes.

Na manhã desta quinta-feira (11), uma equipe de colaboradores do Sistema FIEPI, acompanhada pela representante do presidente da entidade, Juliana Moraes Souza, estiveram percorrendo vários bairros da zona urbana, a exemplo do bairro São Judas Tadeu, Frei Higino, Piauí, São Vicente de Paulo e Tabuleiro, e ainda, na zona rural, as localidades Chafariz, Alto da Batista, Lagoa da Prata e Rebentão que também receberam as doações. No primeiro dia já foram registrados a entrega de mais de 700 cestas.
O presidente da FIEPI, Antônio Jose de Moraes Souza Filho (Zé Filho), falou sobre a situação da população parnaibana que é muito grave, o resultado é de centenas de desabrigados pelas fortes chuvas que castigaram o município nos últimos dois meses “Estamos trazendo um pouco de solidariedade e responsabilidade social que o sistema exerce nesse momento. O que estamos fazendo é a nossa contribuição para amenizar o sofrimento destas famílias”, concluiu.

Algumas pessoas que tiveram suas casas prejudicadas pelas fortes chuvas, ainda insistem na permanência nessas áreas alagadas. O agricultor Francisco das Chagas de Souza, 59 anos, garante que irá ficar no local, mesmo com os riscos. Durante a entrega da cesta, ele agradeceu emocionado e disse que a situação é desanimadora, porque está desempregado e com problemas de saúde, e completa “tudo que consegui comprar está aqui e não posso perder”, declarou Francisco apontando para o que restou dos móveis.
Na casa de dona Maria das Graças Oliveira, 64 anos, a água subiu quase 2 metros, conta a moradora da área do Piscinão, no bairro Piauí, que não tem conseguido sair de casa para trabalhar como feirante. “Não esperava por essa surpresa. Obrigada a todos que fazem o SESI, certamente vai me ajudar e muito”, conta satisfeita.

Dando continuidade a entrega das doações, a comitiva segue para o segundo dia, na manhã da sexta-feira (12) com previsão de atender os bairros São Jose, Ilha Grande de Santa Isabel, Broderville e Portinho. Depois, é a vez dos municípios de Luís Correia e Cajueiro da Praia.
Por Monica Pessoa – ASCOM / FIEPI

10 de abril de 2019

Prefeito Mão Santa tem encontro de trabalho com secretário nacional da Defesa Civil

O prefeito de Parnaíba, Francisco de Assis Moraes Sousa (Mão Santa), juntamente com a primeira dama e secretária do desenvolvimento social e cidadania, Adalgisa Moraes Sousa, estiveram reunidos em Brasília com o secretário nacional da Defesa Civil, Alexandre Lucas, para tratar dos efeitos das chuvas e dos prejuízos causados ao município.

A pauta principal do encontro foi a situação das famílias atingidas pelas chuvas em Parnaíba (PI). 

O prefeito deverá visitar o Ministério do Desenvolvimento Regional para tratar sobre projetos de infraestrutura para drenagem das águas pluviais dentre outros. O prefeito tem agenda marcada em diversos órgãos e ministérios, dentre eles o Ministério da Saúde, do Turismo e Infraestrutura.

Jornal da Parnaíba

INTERNET BANDA LARGA FIBRA ÓPTICA

A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, texto
Todos os nossos planos com internet ilimitada para você utilizar como quiser.
Sua velocidade estará totalmente disponível sempre que precisar.
.
Globalnet - Sua Internet na Velocidade de um Click!
Avenida Pinheiro Machado, Nº 1246 - Pindorama
Parnaíba – PI
Tel.: (86) 3323-3076

8 de abril de 2019

Homem descumpre medida protetiva e esfaqueia ex-companheira no Piauí, diz polícia

Um homem identificado apenas como José Pereira descumpriu uma medida protetiva, que o impedia de se aproximar da ex-companheira, e a esfaqueou nesse domingo (7), no município de Piracuruca, Norte do Piauí. Após o ataque, vítima foi socorrida e encaminhada para o Hospital de Urgência de Teresina(HUT). Já o agressor continua foragido e é procurado pela polícia.

Segundo o policial militar Carlos Benício, do Grupamento da PM em Piracuruca, o suspeito já foi preso diversas vezes por violência doméstica. “Ele tem esse histórico de agressões contra a vítima. Eu mesmo já fiz a prisão preventiva dele por violência doméstica. Ele passou um tempo preso, mas há informações que na prisão ele dizia que quando saísse iria matá-la”, disse.

Conforme a PM, o suspeito também ameaçava tirar a vida das filhas. "Já recebemos ligações de pessoas da escola, onde as filhas dele estudam, pedindo apoio de vez em quando, porque souberam que ele estava aos arredores do colégio e já existiam essas ameaças contra as filhas", informou o policial.

Após o crime, o suspeito evadiu-se do local e ainda não foi localizado pela polícia. Até o momento não há informações sobre o estado de saúde da vítima. Equipes do GPM de Piracuruca continuam em diligência para tentar prender o suspeito.


Fonte: G1 / PI

6 de abril de 2019

Rio Parnaíba começa a invadir zona urbana de Luzilândia, no Norte do Piauí

Rio Parnaíba começa a invadir zona urbana de Luzilândia, no Norte do Piauí — Foto: Gaspar Bueno
Rio Parnaíba começa a invadir zona urbana de Luzilândia, no Norte do Piauí — Foto: Gaspar Bueno
O nível do rio Parnaíba ultrapassou a cota de inundação desde às 9h da manhã deste sábado de Luzilândia, no Norte do Piauí. Durante a tarde, a água do rio começou a invadir a zona urbana da cidade, e deixou duas localidades rurais isoladas. Bombeiros e Defesa Civil trabalham em conjunto para retirar os moradores das áreas de risco.

De acordo com a Defesa Civil em Luzilândia até o momento duas famílias foram retiradas de áreas baixas da cidade, antes que a água chegasse até as casas. As retiradas aconteceram após o pedido de ajuda dos moradores.
Rio Parnaíba começa a invadir zona urbana de Luzilândia, no Norte do Piauí — Foto: Gaspar Bueno

Na zona rural, as localidades Ilha do Capeta e Muquem ficaram isoladas pela água do rio Parnaíba. De acordo com a Defesa Civil, as famílias que moram nos locais estão sendo retiradas durante a tarde de sábado, e ficarão alojados em locais disponibilizados pela Prefeitura de Luzilândia.

Imagens aéreas cedidas pela Prefeitura de Luzilândia mostram áreas ribeirinhas da cidade já completamente alagadas. A água já começa a invadir a zona urbana. De acordo com o Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais, o nível do rio deve subir nas próximas horas, por conta do deslocamento da água para o litoral do Piauí. Em Teresina, o rio Parnaíba segue em cota de atenção.


Fonte: G1 / PI

Presidente da FIEPI visita famílias alagadas em Parnaíba

O presidente da Federação das Indústrias do Estado do Piauí, Antonio José de Moraes Souza Filho, (Zé Filho) acompanhou a visita do governador Wellington Dias a cidade Parnaíba neste sábado (06), onde visitaram famílias desabrigadas e os principais pontos de alagamento ocasionados pelas chuvas intensas que têm ocorrido no litoral piauiense nos últimos dias.

Zé Filho reiterou junto ao governador e ao prefeito Mão Santa a necessidade da execução de obras e intervenções de drenagem em alguns pontos da cidade e que era preciso um esforço para que houvesse parceria entre governo e prefeitura, pois o problema se repete a cada período chuvoso.

“No momento, o que pode ser feito é essa drenagem com auxílio de bombas e carro -pipa, mas é apenas uma ação emergencial. O que vai resolver o problema é um trabalho de planejamento e engenharia, que entendemos que a prefeitura não consegue fazer sozinha e que o Estado neste momento deve formatar essa parceria para execução das intervenções”, explica Zé Filho.

Ainda durante a visita às famílias desabrigadas alojados no ginásio Pedro Alelaf, o governador Wellington Dias solicitou ao prefeito Mão Santa que apresentasse em no máximo 90 dias, projetos para as áreas de maior risco de alagamento para que pudesse ser executado como obra emergencial em um trabalho de gestão junto ao Ministério da Integração Nacional.

“A obra não é barata. A prefeitura não tem como fazer sozinha e estamos propondo cadastrar junto ao Ministério da Integração Nacional. É preciso recursos para essa e outras obras de habitação. O Estado se coloca disposto a ajudar o município”, pontuou Wellington Dias.

Zé Filho demonstrou grande preocupação com a quantidade de famílias que não estão em alojamentos, mas que perderam tudo e permanecem em suas casas e estão sem assistência. Ele adiantou que o Serviço Social da Indústria (SESI), juntamente com alguns empresários estão realizando uma campanha de doações que deve chegar até as famílias atingidas pelas enchentes até o final da próxima semana.

Fonte: ASCOM FIEPI