Páginas

16 de junho de 2016

Heráclito Fortes nega acusações de Sérgio Machado


Nesta quinta-feira (16), o deputado federal Heráclito Fortes (PSB) declarou por meio de nota à imprensa que são inverídicas as denúncias realizadas por Sérgio Machado, ex-presidente da Transpetro, durante delação premiada feita à Procuradoria-Geral da República (PGR).

De acordo com Sérgio Machado, Heráclito Fortes foi um dos 18 políticos de diferentes partidos que o procuravam pedindo doações e, posteriormente, ele solicitava os repasses às empreiteiras que tinham contratos com a Transpetro. 
Heráclito Fortes
Heráclito afirma que "até amanhã apresentarei petição junto à PGR, me colocando à disposição para os esclarecimentos que os procuradores entenderem necessários, e desde já, colocarei o meu sigilo telefônico à disposição".

Confira a nota na íntegra!
Quero dizer ao povo do Piauí e do Brasil que são inteiramente falsas e mentirosas as citações que envolvem o meu nome e que foram feitas pelo Sr. Sérgio Machado, na delação premiada que fez junto à Procuradoria-Geral da República (PGR). Informo ainda que até amanhã apresentarei petição junto à PGR, me colocando à disposição para os esclarecimentos que os procuradores entenderem necessários, e desde já, colocarei o meu sigilo telefônico à disposição.

A quebra do meu sigilo provará que não procurei o Sr. Sérgio Machado em 2014, como ele afirmou. Com relação às doações de campanha, as minhas prestações de contas referentes às eleições de 2010 foram aprovadas pela Justiça Eleitoral e estão disponíveis no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Nesses documentos não há registro de qualquer doação às minhas campanhas feitas pelas empresas listadas pelo delator Sergio Machado, muito menos no valor mencionado por ele.

No mais, reafirmo que em toda a minha vida pública sempre cumpri com todas as minhas obrigações eleitorais, prezando sempre pela transparência dos meus atos, assim como jamais negociei qualquer favor, benesse ou vantagem de qualquer natureza em troca de doações de campanha. 


Deputado Heráclito Fortes

Nenhum comentário: