Páginas

10 de maio de 2016

Senado aprova cassação de mandato de Delcídio do Amaral

Senador Delcídio do Amaral, em reunião do conselho de ética do Senado, dia 09/05/2016
Com 74 votos favoráveis e uma abstenção, o Senado aprovou nesta terça-feira a cassação do mandato do senador Delcídio do Amaral (ex-PT). 
Ex-líder do PT na Casa, Delcídio do Amaral foi preso preventivamente em novembro do ano passado e solto em fevereiro deste ano - ele se tornou o primeiro senador em exercício preso no Brasil.
O parlamentar é acusado de tentar obstruir as investigações da Operação Lava Jato ao oferecer dinheiro em troca do silêncio do ex-diretor da área internacional da Petrobras, Nestor Cerveró, sobre o esquema de corrupção na estatal.
Em março, o STF homologou um acordo de delação premiada com o senador. 
Nesta segunda-feira (9), Delcídio pediu desculpas aos senadores e ao povo brasileiro. Ele afirma que agiu a pedido da presidente Dilma Rousseff e do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.
“Eu como líder do governo, eu agi. O presidente Lula me pediu isso e em outras situações também, a própria presidente Dilma. Aí, curioso, eu fui chamado de mentiroso, pô, um líder de governo ser chamado de mentiroso. Eu fui líder dela aqui no Senado”, afirmou. 

Fonte: Exame.com

Nenhum comentário: