Páginas

17 de maio de 2016

Segurança do STF encontra grampo no gabinete de Barroso

Luís Roberto Barroso na sessão plenária do STF (Supremo Tribunal Federal), sob a presidência do ministro Ricardo Lewandowski, onde é julgado o rito do impeachment da presidente Dilma a ser conduzido pela Câmara dos Deputados
Uma varredura de rotina da Secretaria de Segurança do Supremo Tribunal Federal (STF) há cerca de duas semanas encontrou uma escuta ambiental no gabinete do ministro Luís Roberto Barroso. O artefato foi localizado embaixo da mesa do ministro, dentro de uma caixa de ramal acoplada à tomada, e estava desativado quando foi retirado pelos seguranças.

Não se sabe se o dispositivo, que foi encaminhado ao Serviço de Inteligência do STF, foi ativado em algum momento.

Barroso foi indicado ao STF pela presidente afastada Dilma Rousseff em 2013, para ocupar a vaga deixada pelo ex-ministro Carlos Ayres Britto. Ele passou a relatar, em junho de 2014, a execução das penas do julgamento do mensalão e também relatou o acórdão do STF que definiu o rito para o impeachment de Dilma a ser seguido no Congresso.



Fonte: Veja.com

Nenhum comentário: