Páginas

17 de março de 2016

Robert Rios leva bonecos de Dilma e Lula para sessão na Alepi

A sessão ordinária da Assembleia Legislativa do Piauí não correu como de costume, na manhã desta quinta-feira (17). Manifestantes do Movimento Vem pra Rua se reuniram na entrada da Alepi para protestar contra a posse do ex-presidente Lula no Ministério da Casa Civil.
Robert Rios(Imagem:Lucas Dias/GP1)
A médica Adriana Sousa, líder do Movimento em Teresina, tentou adentrar na sessão com dois bonecos, um da presidente Dilma Rousseff e outro do ex-presidente Lula, os chamados Pixulecos, mas foi impedida. 
Adriana e Robert Rios(Imagem:Lucas Dias/GP1)
No que foi proibida, Adriana ligou para o deputado Estadual Robert Rios (PDT), que foi ao seu encontro e pegou os dois bonecos, colocando-os na cadeira que ocupa na casa. 

Robert Rios(Imagem:Lucas Dias/GP1)
Robert Rios vestia uma camisa preta e usava uma gravata com as cores da bandeira do Brasil e um adesivo da figura de Lula com trajes de presidiário. “Lula é uma pessoa que só comprova seu envolvimento com a corrupção no Brasil. Ele é uma ofensa grave ao povo Brasileiro”, afirmou.

Veja os vídeos abaixo!

Adriana Sousa é impedida de entrar no plenário da Alepi

Robert Rios entra com bonecos da Dilma e Lula no plenário da Alepi

Reação

Flora Isabel(Imagem:Lucas Dias/GP1)
A ação de Robert Rios gerou revolta aos deputados petistas. A deputada Flora Isabel (PT) repudiou a atitude de Robert Rios. “Nós temos a tribuna dessa casa, estamos todo dia fazendo o bom combate, oposição e governo e agora essa iniciativa vai nos dá o direito, por exemplo, de amanhã eu estar aqui com o pixuleco do Fernando Henrique Cardoso e do outro lado um pixuleco do Aécio Neves, porque foram citados inúmeras vezes nas delações. O senhor Aécio Neves já tem oito citações em delações. Nós também vamos trazer para a tribuna, figuras de ladrão de ex-governadores, de deputados que também são investigados. É isso que nós temos que fazer? Virou anarquia essa casa? Nós que fazemos a base de governo nessa casa , acreditamos que essa casa não virou anarquia”. 


Fonte: GP1

Nenhum comentário: