Páginas

31 de março de 2016

Governo publica exoneração do diretor-substituto da Força Nacional

Segundo jornal, coronel criticou Dilma em mensagem para subordinados.
Ministério da Justiça disse que considerou as declarações 'graves'.

O governo publicou nesta quinta-feira (31) no "Diário Oficial da União" a exoneração do coronel Adilson Moreiro, diretor-substituto da Força Nacional. Segundo o blog do jornalista Lauro Jardim, do jornal "O Globo", Moreiro havia pedido demissão e, numa mensagem para os subordinados comunicando que sairia do cargo, fez críticas ao governo da presidente Dilma Rousseff.
Na mensagem do dia 21 de março, dirigida a tenentes-coroneis da Força Nacional, Moreiro afirma, segundo o blog, que pediu para ser sair do cargo em até 15 dias e argumentou que passou por um "conflito ético" por servir a um governo "com tamanha complexidade polítca".
Ainda de acordo com o blog, o coronel escreveu na mensagem que "se sente cada vez mais envergonhado", sendo "conduzido por um grupo sem escrúpulos, incluindo aí a presidente da República". Ele afirmou ainda que o governo não está interessado no bem do país, mas sim em "manter o poder a qualquer custo".
Em nota, o Ministério da Justiça, responsável pela Força Nacional, afirmou que as declarações do coronel são "graves" e "podem implicar falta disciplinar e gesto de deslealdade administrativa".
O ministério disse ainda que vai instaurar inquérito administrativo para apurar a conduta do coronel e levar o caso para a Comissão de Ética Pública da Presidência.


Fonte: G1

Nenhum comentário: