Páginas

9 de fevereiro de 2016

Piauí chega a 112 casos de microcefalia com seis mortes

Dados são da Secretaria de Estado de Saúde e se referem até o dia 7.
Teresina (52) e Parnaíba (9) concentram o maior número de notificações

Aedes aegypti no laboratório da Oxitec, em Campinas. O mosquito é transmissor de doenças como a dengue, chikungunya e do vírus zika, causador da microcefalia (Foto: Paulo Whitaker/Reuters)
Na última semana epidemiológica o Piauí chegou a 112 casos suspeitos de microcefalia relacionados ao Zica vírus, com seis óbitos. Houve um acréscimo de nove casos contabilizados até o dia 7 de fevereiro. Ao todo, 42 cidades tiveram registros e Teresina (52) e Parnaíba (9) concentram o maior número de notificações. 

A Secretaria de Saúde do Piauí e o Ministério da Saúde fizeram uam investigação de 75 casos de microcefalia. Desses, 40 casos (53%) são residentes em Teresina e quatro casos (5%) registrados pertenciam a outros estados (Maranhão e Paraíba). 

A investigação apontou também que 34 (45%) foram confirmados para microcefalia relacionada a processo infeccioso, 20 (27%) foram descartados e 21 (28%) permanecem em investigação. 

Os dados apresentam ainda que a idade média da mãe é de 23 anos, variando de 14 a 42 anos, e que mais de metade (60%) teve parto normal. O perímetro cefálico(PC) médio de 30 cm, variando de 22 a 33cm. 66% dos casos são de recém-nascidos do sexo feminino. 

Municípios que notificaram 112 
Teresina – 52 

Parnaíba – 9 

José de Freitas – 3 

Altos, Esperantina, Porto, Murici dos Portelas, Demerval Lobão, Beneditinos, Barras, Cristino Castro, João Costa – 2, cada município 

Cocal, São Félix, Ribeiro Gonçalves, Luís Correia, Guaribas, União, São Raimundo Nonato, Simplício Mendes, Campo Maior, Oeiras, São Pedro, Barro Duro, Batalha, Castelo, Curralinhos, Guadalupe, Jurema, Simões, Paes Landim, Floriano, Piripiri, Nossa Senhora de Nazaré, Nossa Senhora dos Remédios, Picos, São João do Piauí, São João da Serra, Luzilândia, Palmeirais, Betânia e Fatura – 1.


Fonte: G1 / PI

Nenhum comentário: