Páginas

19 de novembro de 2015

'Piauí é um eixo central do tráfico de drogas no NE', diz delegado da PF

Departamento da Polícia Federal em Teresina (Foto: Ellyo Teixeira/G1)
Os 360 kg de drogas apreendidos nesta quinta-feira (19) iriam para a cidade Parnaíba, no litoral do Piauí e somente este ano Polícia Federal apreendeu 840 kg de entorpecentes. A quantidade e o destino das drogas rastreadas levaram à conclusão de que o Piauí é atualmente um eixo central para o tráfico no Nordeste.
Droga apreendida está na sede da Polícia Federal em Teresina (Foto: Ellyo Teixeira/G1)
Droga apreendida está na sede da Polícia Federal
em Teresina (Foto: Ellyo Teixeira/G1)
“O Piauí dá acesso ao Maranhão, ao Ceará, Bahia ect. A prova de que o estado é um eixo importante para o tráfico é a apreensão que ocorreu em Floriano. Essa droga vinha toda para Parnaíba. O que nos deixa abismado é saber que uma cidade como Parnaíba, de aproximadamente 150 mil habitantes, iria receber e consumir essa grande quantidade de droga”, afirmou o delegado federal Marcos Roberto Costa.
Delegado Marcos Roberto Costa, da Polícia Federal (Foto: Ellyo Teixeira/G1)
Delegado Marcos Roberto Costa, da Polícia
Federal (Foto: Ellyo Teixeira/G1)
A investigação que culminou com a apreensão desta quinta vem sendo realizada há muito tempo e a Polícia Federal estava rastreando a chegada desse entorpecente ao Piauí. Agentes da PF interceptaram o material em Floriano, quando abordaram dois carros de passeio.

“No momento da abordagem foi necessário que os policiais atirassem contra os veículos, porque eles tentaram furar o bloqueio. Após os disparos, os motoristas saíram e adentraram o matagal. Um dos suspeitos foi preso já na rodoviária de Floriano tentando embarcar para Brasília, o outro continua foragido”, disse o delegado.

Em coletiva para a imprensa nesta quinta-feira na sede da Polícia Federal em Teresina, a PF falou sobre a apreensão e fez um balanço das ações contra o tráfico no estado. Somente em 2015, a PF apreendeu 840 kg de maconha, 90 kg de cocaína e 15 kg de Skank, uma espécie de maconha modificada com efeito mais forte. Quase metade de toda essa droga foi apreendida em Parnaíba.

“As investigações continuam. Agora o próximo passo é procurar saber quem mandou e quem receberia essa droga. Além disso, iremos fazer levantamentos dos veículos para chegar ao restante do bando”, finalizou Marcos Roberto Costa.


Fonte: G1 / PI

Nenhum comentário: