Páginas

14 de novembro de 2015

"Crise é que nem diarreia, vai passar”, diz Lula

O ex-presidente Lula fez uma comparação inusitada ao fazer uma análise sobre a atual crise política e econômica do Brasil a uma diarreia. "A crise é que nem diarreia, vai passar", comparou o líder petista. A declaração foi feita na noite desta sexta-feira (13), em um evento promovido pelo deputado federal Vicentinho (PT-SP) no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo (SP).

Lula: “Não podia continuar nascendo criança sabendo quem seria pedreiro e quem seria engenheiro
Agência Brasil
Lula: “Não podia continuar nascendo criança sabendo quem seria pedreiro e quem seria engenheiro"

Entre amigos sindicalistas, o ex-presidente respondeu sobre críticas ao PT. “O que nós fizemos em 12 anos a elite brasileira não fez em 100”. Ele falou que quem faz política não tem de esperar agradecimento. “Ninguém nos deve nada, não fizemos favor”, disse Lula sobre a gestão petista no governo federal.
“Não podia continuar nascendo criança sabendo quem seria pedreiro e quem seria engenheiro. Nós resolvemos acabar com isso”, declarou o líder do PT, ressaltando que tem orgulho de ser o único presidente da República sem diploma universitário.
“Eles negam que o Estado tem papel. Uma coisa é fazer o atendimento a dez pessoas. Quando pego esse dinheiro para atender a mil a qualidade vai cair”, disse.Discutindo a participação da juventude na política, Lula falou que os jovens têm direito de cobrar por qualidade de ensino, sem citar diretamente os estudantes que ocupam escolas estaduais em protesto contra o fechamento de 94 unidades de ensino promovido pelo governo de Geraldo Alckmin (PSDB).
Lula também pediu que os jovens não neguem a política. Para o presidente, o jovem não tem emprego de qualidade após sua formação. “A juventude perde a expectativa porque às vezes mesmo com diploma universitário não tem emprego”, declarou.

Fonte: IG.com

Nenhum comentário: