Páginas

11 de outubro de 2015

1.724 POLICIAIS MILITARES ESTÃO DE LICENÇA PSIQUIÁTRICA NO CEARÁ

Um total de 1.724 policiais militares do Ceará está afastado da corporação por licença psiquiátrica. Em 2010 eram 5.178 os PMs de licença, com suspensão da arma de fogo, o que caracteriza problemas psiquiátricos. No ano seguinte, eram 3.575. Os números foram divulgados durante o 1ª Seminário de Saúde Mental de Profissionais de Segurança, realizado na tarde de ontem, na Assembleia Legislativa.
Profissionais da saúde mental criticaram a falta de especialistas trabalhando na corporação para cuidar desses profissionais e realizar o acompanhamento necessário. Segundo o representante da Associação de Praças da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar do Ceará, Pedro Queiroz, os números são da Perícia Médica e divulgados no Boletim do Comando Geral da PMCE, obtido pelas associações 
Conforme o presidente da Associação de Cabos e Soldados (ASMCE), Elisiano Queiroz, existem quatro profissionais na área da saúde mental para atender os 17 mil homens que integram a corporação. E as associações não têm psicólogos.
De acordo com a psicóloga Rebeca Moreira, dados do ano passado mostravam que o Instituto de Saúde dos Servidores do Estado do Ceará (Issec) não contava com profissionais da área de saúde mental.


Fonte: O Povo

Nenhum comentário: