Páginas

4 de setembro de 2015

NA TENTATIVA DE IMPEDIR INSTALAÇÃO DE CPI PARA INVESTIGAR IRREGULARIDADES NA EDUCAÇÃO E SAÚDE, PREFEITURA DE SANTA QUITÉRIA DECRETA FERIADO INUSITADO


O prefeito de Santa Quitéria/MA (88km de Buriti), Sebastião Araújo Moreira, conhecido por Moreirão, decretou, para esta quinta-feira (3), um feriado inusitado numa tentativa desesperada de impedir que a Câmara de Vereadores instalasse uma CPI para investigar irregularidades no uso de verbas da saúde e da educação, apontadas numa Ação Cautelar ajuizada pelo Ministério Público Estadual em desfavor dele, da primeira-dama da cidade, Dalila Pereira Gomes, do empresário Arquimário Reis Guimarães e da empresa A. Reis Guimarães.
A partir dessa Ação, na última segunda-feira (31), o juiz Jorge Antonio Sales Leite, titular da Comarca de Buriti e respondendo pela Comarca de Santa Quitéria, determinou a indisponibilidade dos bens dos quatro citados pelo MP até o limite de R$ 2.069.154,00 (dois milhões, sessenta e nove mil, cento e cinquenta e quatro reais), além da quebra do sigilo bancário do prefeito, da primeira-dama e do empresário Arquimário.
Mesmo diante da manobra governista, o vice-presidente da Câmara Municipal, Nonato da Colônia, junto com os vereadores Raimundo da Praça, Teixeirinha, Irmã Janete, Auriete e Fransquinha Moreira, foram para sede do legislativo, acompanhado de populares que pediam investigação dos supostos desvios nos recursos do município, e chegando lá os próprios parlamentares tiveram de abrir os portões. Vejam no vídeo abaixo:

Já dentro da área da Câmara, os vereadores discursaram, denunciaram a manobra da prefeitura e leram várias das acusações contra o prefeito e seu grupo político que está no comando da cidade. Lideranças comunitárias e de movimentos populares também elevaram o tom contra a administração do prefeito Moreirão.
Impossibilitados de realizar a sessão ordinária, os vereadores convocaram a população para participar de um“Protesto da Independência”, no dia 7 de setembro, contra a redução de salários e perseguição aos servidores, e também contra corrupção na educação, na saúde e na administração pública de Santa Quitéria. Além disso, na próxima sessão da quinta-feira 10 de setembro, a Câmara deve instalar a Comissão de Investigação que tanto assusta o executivo municipal.



Fonte: Correio Buritiense

Nenhum comentário: