Páginas

20 de setembro de 2015

Dois adolescentes de Parnaíba são assassinados dentro do CEM de Teresina

Dois adolescentes foram assassinados com inúmeras perfurações de faca, tesouras e espetos, na noite deste sábado (19 de setembro de 2015) dentro do Pavilhão B do Centro Educacional Masculino de Teresina-PI (CEM), por outros seis adolescentes que estavam internados no mesmo pavilhão.
Segundo informações, os dois adolescentes que foram assassinados dentro do CEM, no Bairro Itaperu, na Zona Norte de Teresina-PI, que têm 15 e 16 anos, são procedentes da Comarca de Parnaíba-PI e haviam sido transferidos para cumprir a pena de internação no Centro de Educação Masculino da Capital Piauiense. Antes de serem internados no CEM, os dois menores que são acusados de crimes em Parnaíba-PI, estiveram recolhidos no Complexo de Defesa da Cidadania, na Zona Sul de Teresina. O clima ficou tenso na noite deste sábado (19) depois que os dois adolescentes foram assassinados dentro do CEM e o juiz Antônio Lopes de Oliveira, titular da 2ª Vara da Infância e da Juventude de Teresina foi comunicado do ocorrido. Um grande contingente de policiais militares foi enviado para o Centro de Educação Masculino depois que os dois menores foram executados. Peritos do Instituto de Criminalística do Piauí estiveram no CEM realizando pericias nos corpos e no local onde os dois adolescentes foram mortos.
Centro Educacional Masculino de Teresina-PI (Foto: Ellyo Teixeira/G1)
Depois, os corpos foram encaminhados ao Instituto Médico Leal de Teresina, onde serão submetidos a exames e em seguida liberados para os familiares. De acordo com alguns educadores, os dois adolescentes assassinados na noite deste sábado (19) estavam há três meses no CEM. Eles estavam em uma cela do Pavilhão B junto com outros adolescentes, quando teve início uma discussão, que acabou com os dois menores mortos. Durante a discussão, os adolescentes se xingavam e falavam nas mães, o que acabou resultando nas duas mortes. O caso está sendo apurado pela Polícia Civil. Atualmente, o Centro Educacional Masculino de Teresina é coordenado pelo subtenente Hermes, que substituiu Herbert Neves, depois que o adolescente Gleison Vieira da Silva, um dos envolvidos no estupro coletivo de Castelo do Piauí, foi morto na noite do dia 16 de julho deste ano (2015), por outros três menores, dentro do referido CEM. Os acusados da morte de Gleison foram sentenciados junto com ele pelo estupro coletivo de Castelo do Piauí.
O servidor do IML de Teresina, Antônio Luís informou que os corpos dos dois menores mortos no CEM chegaram ao Instituto Médico Legal, por volta das 22 horas de sábado e até por volta das 6h30min deste domingo (20) permaneciam naquele órgão aguardando a presença dos familiares que moram em Parnaíba, no Litoral do Piauí, para que fossem liberados para velório e sepultamento.

Fonte: Saraiva Repórter.com
Blogdoyurigomes: Os adolescentes assassinados no CEM, foram identificados como Kelson Wandel Sousa Dias , 16 anos e Júnior Faustino Gomes, 17 anos. Este último é filho da ''Hellen do Espetinho'' e foi acusado de participação no assassinato do Sr. Flávio Raimundo Alves no dia 29 de Junho no Bairro Reis Veloso, em Parnaíba.

Nenhum comentário: