Páginas

27 de setembro de 2015

Abandonado pelo pai em Fortaleza, bebê sem braços e pernas precisa de ajuda

A jovem mãe diz que precisa principalmente de leite e fraldas para garantir a saúde e higiene de Miguel, mas lembra que toda ajuda é valida (FOTO: Reprodução/Facebook)
A jovem mãe diz que precisa principalmente de leite e
fraldas para garantir a saúde e higiene de Miguel, mas
lembra que toda ajuda é valida (FOTO: Reprodução/Facebook)
O pequeno Miguel Arthur, de 4 meses, precisa de sua ajuda. Por má formação durante a gestação, ele nasceu sem braços e pernas. A mãe, Rivânia Gomes, de 20 anos, está desempregada e não tem ajuda do pai do bebê, que não quer registrar o filho, segundo a ex-companheira.
O caso veio à tona após uma funcionária do Núcleo de Prática Jurídica da Universidade de Fortaleza (Unifor) divulgar a situação do bebê e a da mãe no Facebook. Em pouco tempo, milhares de pessoas comoveram-se e uniram-se para ajudar a família.
Rivânia mora com a tia e mais três familiares no bairro Jangurussu, periferia de Fortaleza, e diz que a situação está complicada. “Somos cinco pessoas em casa e só minha tia trabalha. Ela é costureira e nem sempre tem trabalho para fazer. Estamos sem dinheiro para cuidar do Miguel”, lamenta a jovem de 20 anos.
Ela afirma que procurou ajuda na Unifor para tentar encontrar o pai da criança. “Não sei onde ele está. Não tenho endereço. Ele me deixou quando eu estava grávida de 8 meses e não quer reconhecer o filho”, diz Rivânia.
A jovem mãe diz que precisa principalmente de leite e fraldas para garantir a saúde e higiene de Miguel, mas lembra que toda ajuda é valida. Para doar presencialmente, o endereço da família é Rua São José, Nº 30, bairro Jangurussu, em Fortaleza. O telefone de Rivânia é (85) 98413.5017.
Já quem preferir doar dinheiro por meio de transferência bancária, os dados são:
Miguel Arthur Gomes da Silva
Conta 111323-4
Agência 2558 OP. 013
CPF 622.043.613-05

Nenhum comentário: