Páginas

22 de agosto de 2015

No Piauí, ex-ministro admite erros do PT e diz que Dilma não irá renunciar

Em entrevista ao Jornal do Piauí desta sexta-feira (21), o ex-ministro ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, admitiu os erros cometidos pelo PT e afirmou que a presidente não tem intenções de renunciar o cargo.
"Acertamos muito, mas também cometemos erros que nos levaram a viver essa crise. Mas estamos dispostos a seguir lutando com outros partidos, dentro da legalidade, pelos ideais nossos e do povo brasileiro", afirmou o ex-ministro.
Atualmente na presidência do Conselho Nacional do Serviço Social da Indústria (Sesi), Gilberto Carvalho, tem uma história longa com o governo PT. Ele trabalhou durante oito anos como chefe de gabinete do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e quatro anos no comando da Secretaria-Geral.Sobre a atual crise política e as pressões que a presidente petista está sofrendo, o ex-funcionário do Governo Federal ressalta que não há possibilidade de renúncia.
"Ela é muito forte e resistente. Tem dificuldade de fazer política e de conduzir o processo político, mas temos que mudar um pouco esse clima, temos que ser realistas e deixar de pessimismo. Ela não vai renunciar e temos que apoia-la para que ela reúna forças políticas", declarou Gilberto Carvalho.

Fonte: Cidadeverde.com

Nenhum comentário: