Páginas

20 de agosto de 2015

Jovem diz que só não esquartejou e queimou Lucas porque ele fugiu

O jovem Breno Andrade Carneiro, 19 anos de idade, foi preso por volta das 14h30 de quarta-feira (20/08) na Avenida de São Sebastião, Bairro São Benedito, em Parnaíba, mais precisamente próximo ao Tiro de Guerra 10-012, pelo Serviço Reservado do 2º Batalhão de Polícia Militar do Piauí, sob orientação do major Adriano Lucena.
Breno é acusado no envolvimento da morte do metalúrgico Lucas de Sousa Rodrigues, 37 anos, no domingo (16/08), no Bairro Santa Luzia, em Parnaíba. Breno carneiro afirmou, a autoridade policial, que matou pela cobrança de uma dívida de R$ 4,00. Disse que Lucas estava na companhia deFrancisco das Chagas Machado Santos, de 35 anos, conhecido “Kiko”, quando debaixo de um cajueiro cobrou a dívida e atingiu uma facada no peito direito da vítima, que saiu correndo.
Breno disse que só não esquartejou e ateou fogo em Lucas Rodrigues porque o mesmo fugiu. Segundo o delegado Rodrigo Moreira, Francisco das chagas, o “Kiko”, sabia das intenções de Breno e, por isso, estava sempre olhando para trás. A vítima caiu em frente a uma distribuidora de bebidas, no Bairro Santa Luzia e morreu. O criminoso confesso foi recolhido a uma cela da Central de Flagrantes e a faca usada no crime foi apreendida. O advogado do acusado vai alegar insanidade mental para assegurar a soltura.

Fonte: Proparnaiba.com

Nenhum comentário: