Páginas

14 de agosto de 2015

GRANJA-CE: MULTIDÃO SAI ÀS RUAS PEDINDO JUSTIÇA PELO ASSASSINATO DE GLEYDSON CARVALHO

Milhares de pessoas  caminharam pelas ruas da cidade de Granja na tarde de ontem, dia 13, com faixas, cartazes e blusas com o pedido de Justiça pelo  assassinato do radialista Gleydson Carvalho, morto a tiros no estúdio da Rádio Liberdade FM em Camocim. De acordo com a prefeitura de Granja, a "Caminhada pela Paz e Justiça" reuniu cerca de 10 mil manifestantes e contou com a participação de pessoas de várias cidades da região, principalmente de Camocim e  Martinópole. 
O ato contou também com a presença de vários profissionais da imprensa regional e de políticos de Camocim e Granja.
"Na Região Norte do Estado do Ceará nunca tínhamos ouvido falar deste tipo de crime de pistolagem", disse o prefeito de Granja, Romeu Audigueri, "isso é coisa do século dezenove ou do começo do século vinte, que a gente via em outras partes do Ceará, mas na nossa região, nunca", pontuou Romeu completando que  "nada justifica ceifar a vida humana" e "quando a gente entra numa vida pública , temos que está abertos para receber criticas , se a gente acha que a critica passa da medida, se torna injuria, calunia e difamação  faça como eu faço, entre na Justiça em buscar reparar o erro".
A viúva do Radialista, Alderly Teles, bastante emocionada, participou do evento e  recebeu o carinho e apoio de amigos e de populares que ingressaram na luta para que a morte de Gleydson não venha a cair no esquecimento das autoridades.

A policia, até o momento, prendeu duas pessoas envolvidas no crime, mas ainda não capturou os executores, que estão foragidos. Quanto aos mandantes, o Delegado Regional da Policia Civil, que comanda as investigações, Herbet Ponte, declarou que já identificou o nome de um dos suspeitos e que este já está com a prisão temporária decretada, sendo que sua prisão será apenas questão de tempo.


Fonte: Revista Camocim

Nenhum comentário: