Páginas

4 de agosto de 2015

DEPUTADA JULIANA COBRA ATENDIMENTO NO SERVIÇO PÚBLICO DE SAÚDE EM PARNAÍBA

Deputada estadual Juliana Moraes Souza PMDB-PI se pronunciando na primeira sessão do segundo semestre, cobrando do governo estadual e municipal de Parnaíba uma solução para os serviços de saúde. O maior hospital público da região Dirceu Arcoverde encontra-se sem condições de atendimento com a greve dos profissionais de enfermagem desde a semana passada. A greve agravou as más condições de atendimento do Hospital. A população da região ficou sem alternativa de atendimento para serviços essenciais de saúde pelo poder público.

"Em nove meses que eu estive a frete do HEDA, nós tivemos o aumento do repasse para melhorar a estrutura do hospital, para que ele crescesse, como cresceu com algumas reformas, mas parou. Eu faço um apelo para o governador que veja que o HEDA, não atende só Parnaíba, ele atende toda a região Norte, parte do Maranhão e do Ceará. O município também tem que se responsabilizar, tem que colocar os postos de saúde para funcionar. Em Parnaíba, existe uma mascara que o hospital esta funcionando a mil maravilhas, e isso é mentira. Parnaíba tem hoje três deputados, precisamos se unir para ajudar Parnaíba, porque a realidade de lá é triste", finalizou.
Corredor do Heda em Parnaiba
O Conselho Regional de Medicina do Piauí encaminhou para a Secretaria de Estadual de Saúde, no primeiro semestre deste ano, um pedido de interdição parcial do Hospital Estadual Dirceu Arcoverde, localizado no município de Parnaíba. O CRM justifica ter realizado a vistoria na unidade de saúde e flagrado vários problemas como a presença de pacientes nos corredores, falta de respirador e exames básicos.
 A Secretaria ainda não se pronunciou quanto ao caso, mesmo tendo recebido um prazo de trinta dias para corrigir as falhas. A notificação de interdição, segundo o conselho, é para que o estabelecimento de saúde se adeque às condições mínimas para a prestação do serviço de saúde.


Larissa Ravenna

Nenhum comentário: