Páginas

2 de julho de 2015

Duas adolescentes são estupradas e espancadas no interior do Ceará; uma delas morreu

Uma noite de festa terminou em tragédia no município de Capistrano, distante 110,5 km de Fortaleza, na noite de quarta-feira, 1°. Duas adolescentes teriam sido espancadas eestupradas por um grupo de homens - uma delas morreu, enquanto a amiga conseguiu fugir. Segundo relatos da sobrevivente à Polícia, elas foram amarradas antes de serem agredidas.

De acordo com informações da 2ª Companhia do 4º Batalhão da Polícia Militar (BPM), em Baturité, município vizinho a Capistrano que está ajudando na busca pelos suspeitos, as jovens de 16 e 17 anos encontraram um grupo de homens e resolveram sair com eles. Conforme depoimento da adolescente, todos passaram a noite ingerindo bebida alcoólica. A garota não soube especificar quantos rapazes estavam com elas, nem quem são.


A sobrevivente informou aos policiais que na madrugada desta quinta-feira, 2, os rapazes amarraram as duas adolescentes e as estupraram, na localidade de Pedreiras, em Capistrano. Em seguida, eles teriam começado a espancá-las com pedaços de pau. De acordo com a jovem, ela conseguiu se desvencilhar e saiu correndo à procura de ajuda.

Após fugir, ela ligou para o Destacamento da Polícia Militar de Capistrano e informou o local onde ocorreu o crime. Chegando ao lugar indicado, às 4h desta quarta, os policiais militares não encontraram nada.

Às 8h, a equipe da PM recebeu uma nova ligação de moradores informando sobre o corpo de uma jovem na localidade Pedreiras, no mesmo local indicado pela adolescente sobrevivente. Os policiais compareceram ao lugar e acharam o corpo de uma garota submerso em uma cacimba. Em seguida, eles constataram que se tratava da jovem desaparecida através das características informadas pela amiga.

De acordo com informações da PM de Baturité, o corpo da jovem apresentava vários sinais de agressão. O policiamento da região está realizando buscas para identificar e encontrar os suspeitos do crime.


Fonte: O Povo Online

Nenhum comentário: