Páginas

20 de junho de 2015

Lula diz aos aliados que acredita ser o próximo alvo do juiz Moro

O ex-presidente reclamou também da inércia do atual governo para contenção dos danos causados pela investigação


Presidente mantém compromissos hoje, na Guatemala, e na Costa Rica, amanhãO ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse aos seus aliados que está na "mira" do juiz Sérgio Moro. Segundo a "Folha de S. Paulo", Lula acredita que a prisão dos presidentes da Odebrecht e da Andrade Guiterrez, nessa sexta-feira (19), é uma demonstração de que ele será o próximo alvo da operação Lava Jato.
O ex-presidente também fez críticas ao atual governo pela  inércia da presidente Dilma Rousseff para contenção dos danos causados pela investigação. Outra queixa de Lula é sobre a atuação do ministro-chefe da Casa Civil, Aloizio Mercadante, que teria convencido a presidente a minimizar o impacto político da operação.
Ainda segunda a publicação, os interlocutores do ex-presidente disseram que está preocupado por não ter foro privilegiado e, assim, pode ser chamado para depor a qualquer momento. Esta seria a principal a sua principal insatisfação, já que o caso ainda esteja sob condução do juiz Sérgio Moro.
Os petistas acreditam que os desdobramentos da Lava jato podem afetar o caixa do partido e comprometer a prestação de contas da campanha de Dilma. A detenção de Marcelo Odebrecht e Otávio Azevedo colocou a cúpula do PT em alerta e preocupa o Palácio do Planalto pelos efeitos negativos na economia.

Fonte: IG Minas Gerais

Nenhum comentário: