Páginas

29 de junho de 2015

Antes de morrer baleado em casa homem mata um a facão e fere outro

Um homem teve a casa invadida por assaltantes, foi baleado e ainda conseguiu matar um dos bandidos e deixou outro gravemente ferido. A tentativa de latrocínio aconteceu por volta das 12h desta segunda-feira (29/06) na Rua Madre Savina, Bairro Frei Higino, em Parnaíba. Dois jovens chamaram pelo proprietário da casa, identificado pelo nome de Flávio Raimundo Alves, 50 anos, e adentraram a residência. Depois uma guarnição da Força Tática chegou ao local.
Segundo a polícia, um deles avisou ao homem que queriam somente o dinheiro, na oportunidade foram ouvidos, pela vizinhança, dois disparos. Uma vizinha relatou que um jovem jogou algo dentro de um muro que fica ao lado de sua casa. Ele deixou um rastro de sangue na rua e retornou para dentro da casa.
Os policiais adentram o terreno e encontram no canto do muro um revólver de calibre 32.  Mesmo ferido, Flávio travou luta corporal com os assaltantes, matou um e esfaqueou o outro. O senhor Flávio ficou caído na sala de estar, juntamente com um dos invasores que morreu, identificado pelo nome de Bruno de Oliveira Cardoso, e outro ficou caído agonizando no terraço.
Do lado de fora ficou uma motocicleta utilizada pelos assaltantes, uma Honda/Pop100, modelo 2014, de cor vermelha, PIB 1667 Parnaíba (PI), que foi recolhida pela polícia para não ser depredada pelos revoltados. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) prestou socorro ao adolescente de iniciais J.F.G. de 17 anos.
Segundo o major da Polícia Militar Adriano Lucena, vários objetos cortantes foram encontrados na casa da vítima e afirmou que Flávio lutou bravamente contra seus rivais.  As primeiras investigações da polícia dão conta de que o motivo da tentativa de roubo seria a posse de uma importância em dinheiro que Flávio Alves tinha; pois havia vendido uma casa sua, nos últimos dias e era conhecido por emprestar dinheiro a juros. A Polícia Civil, o IML e peritos criminais estiveram no local.

Fonte: Proparnaiba.com

Nenhum comentário: