Páginas

9 de abril de 2015

Câmara Municipal: Título de Cidadão e Moção de Pesar são aprovados


A Câmara Municipal de Parnaíba aprovou nessa semana a concessão de Título de Cidadão Parnaibano ao Dr. Eduardo Esmeraldo Augusto Bezerra. O autor do projeto de Lei de N° 3.963/2015 que foi aprovado em definitivo é o vereador João Câncio Neto (PP). Neto destacou que o homenageado trabalhou em diversos órgãos do estado e município, reside há 30 anos em Parnaíba e sempre contribuiu com a cidade.
O vereador Geraldo Alencar (PSB) diz ter ficado surpreso em saber que o Dr. Eduardo não era Parnaibano, pois é uma pessoa bastante conceituada. Já o vereador Carlson Pessoa (PSB) parabenizou o vereador Neto e relatou que se sente feliz quando um título é dado a uma pessoa que realmente contribui com a cidade. A vereadora Neta Castelo Branco (PPS) disse ser amiga do homenageado, falou que Dr. Eduardo é merecedor da homenagem.
A entrega do Título será feita após a data ser combinada com o homenageado.
O vereador Carlson Pessoa (PSB) apresentou um requerimento pedindo Moção de Pesar pela morte do Sr. Marcos Antônio Mota Craveiro, mais conhecido como “Branquinho”, funcionário da CIRETRAN de Parnaíba. O vereador André Neves se associou ao requerimento por conhecer e ter convivido um pouco com “Branquinho”.

Vereador Antônio Fortes Diniz declarou que é uma homenagem justa e com certeza todos tem alguma história pra contar com o Sr. Marcos Antônio. Neto Castelo Branco (PTB) lembrou que “Branquinho” foi um dos grandes desbravadores do Bairro Piauí por ser um dos primeiros moradores. A vereadora Neta Castelo Branco (PPS) disse que teve o prazer de ter contato e ser amiga do Sr. Marcos. Geraldo Alencar (PSB) pediu para se associar também ao requerimento e disse que ninguém pode pensar no DETRAN sem lembrar do “Branquinho”, por ele ter marcado uma história no órgão.
O Presidente da Câmara, Gustavo Lima (PTB) pediu também para se associar ao requerimento por ter conhecido os filhos de “Branquinho” e ter um grande respeito pelo Sr. Marcos.



Wesley Ripardo
Assessoria de Comunicação - CMP

Nenhum comentário: