Páginas

16 de março de 2015

Funcionário da Eletrobras é preso em operação acusado de roubo de energia

Um funcionário da Eletrobras do Piauí foi preso acusado de furto de energia. A prisão ocorreu durante operação da empresa em parceria com o Greco (Grupo de Repressão ao Crime Organizado). No total, 13 pessoas foram detidas. Oito vão responder a inquérito policial instaurado pelo delegado Kleydson Ferreira. 

O delegado informou que o funcionário foi preso após perícia do Instituto Criminalística flagrar ligação clandestina em um HOTEL de sua propriedade. A denúncia foi constatada no município de Elizeu Martins ( a 489 km de Teresina). 

“Dos 12 presos, oito vão responder a inquérito policial por furto de energia”, garantiu o delegado.

Na operação, foram presos três secretários municipais, eletricistas e consumidores. Os presos foram liberados após pagamento de fiança que variou de R$ 4 mil até R$ 7 mil.

O chefe do setor da segurança da Eletrobras, Carlos Petrônio de Araújo Miranda informou que hoje pela manhã houve reunião na empresa para fazer um balanço da operação.

“As operações vão continuar em vários municípios de forma integrada para combater o roubo de energia”, disse Petrônio.

Sobre o servidor preso da Eletrobras, Petrônio informou que ele argumentou que a ligação foi feita pela própria empresa. “No entanto, ele não apresentou nenhum documento que comprovasse o fato. Ele fez um pedido de ligamento, mas como estava fora do padrão da Aneel não foi autorizado”, disse Petrônio.
O servidor é operador de subestação e já foi gerente de escritório do município de Elizeu Martins.
Chefe do setor da segurança da Eletrobras, Carlos Petrônio de Araújo Miranda

Fonte: Cidadeverde.com   

Nenhum comentário: