Páginas

31 de março de 2015

Acusados de assassinar policial militar em Luzilândia são mortos pela polícia


Os dois homens acusados de assassinar o cabo da Polícia Militar, Cunha, na noite desta segunda-feira (30) em Luzilândia foram mortos, pela polícia, na manhã de hoje (31) na zona rural de Batalha durante troca de tiros.

Antonio Francisco Silva Cardoso, vulgo “knor”, de 19 anos, e Jorge Luiz da Silva Lima Costa, 17 anos, foram mortos durante perseguição e troca de tiros contra a polícia. A dupla foi encontrada através de investigações do Serviço de Inteligência da Polícia Militar e denúncias em um matagal da zona rural do município de Batalha.

Dois acusados foram mortos durante troca de tiros(Imagem:GP1)
De acordo com o Coronel Carlos Augusto, a Polícia Militar entrou em operação em todo o Estado para buscar os acusados. 

“Logo após o assassinato do policial, o serviço de inteligência da policia entrou em ação, além disso, também houve uma investigação para saber por onde esses suspeitos andavam. Em toda região que eles passavam, a gente recebia informações. Iniciamos uma operação não só na região, mas em todo o Estado e nas divisas”, contou.

Acusados foram mortos em Batalha(Imagem:GP!)
O Coronel completou que ao serem abordados pela polícia, os acusados reagiram e houve troca de tiros. "Eles abriram fogo contra os policiais e acabarm sendo mortos na troca de tiros", disse.

Ainda segundo o Carlos Augusto, a dupla fazia ameaças ao policial que investigava o tráfico de drogas na região. “Os dois eram suspeitos de tráfico de drogas e o policial Cunha investigava eles, eles o ameaçaram, mas o policial seguiu em frente com as investigações”, relatou.

Os corpos dos acusados serão encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) de Teresina.
Um dos acusados mortos durante troca de tiros(Imagem:GP1)
Fonte: GP1

Nenhum comentário: