Páginas

13 de janeiro de 2015

Você sabe como prevenir o aneurisma cerebral?


Quando o assunto é aneurisma cerebral é essencial falar em prevenção, pois essa é uma doença grave e apenas 2/3 dos pacientes acometidos pelo problema conseguem sobreviver. “O aneurisma cerebral é uma dilatação em uma região mais fraca da parede da artéria localizada no cérebro que, mesmo com a pressão sanguínea normal, pode ocorrer de forma lenta e contínua”, explica Paulo Porto de Melo (CRM 94.048), médico neurocirurgião formado pela UNIFESP e Colaborador do Departamento de Neurocirurgia da Universidade de Saint Louis (Missouri- EUA), introdutor e pioneiro da neurocirurgia robótica no Brasil.

A decisão de reparar um aneurisma cerebral não rompido tem de ser analisada com muito critério, com base no seu tamanho e localização. No entanto, uma microcirurgia com clipagem pode blo
Uma dor de cabeça muito intensa, seguida de náusea, vômito ou convulsões pode ser sinal de que houve uma ruptura nessa artéria. O médico informa que um aneurisma que se rompe requer atendimento emergencial e, muitas vezes, até cirurgia imediata. “Por isso, prevenir é a melhor forma de lidar com o problema. Não há maneira de evitar que ocorra a formação de um aneurisma, mas é possível adotar cuidados para evitar que ele se rompa”, diz Melo. queá-lo evitando que ele se rompa e oferecendo melhor qualidade de vida para o indivíduo. “Este é um procedimento muito eficaz, pois trata diretamente a causa o problema, ou seja, o local em que está a fraqueza na parede arterial”, comenta o especialista.

Sem o risco de provocar qualquer lesão na região cerebral, o neurocirurgião ‘navega’ entre espaços naturais deixados pelo cérebro e expõe as artérias na base do crânio. Com clipes de titânio, o médico consegue ‘clipar’ a região em que se localiza o aneurisma, fechando a área mais fraca da parede arterial e evitando que haja formação de outras dilatações. “Isso fará com que não haja mais risco de se desenvolver um novo aneurisma”, acrescenta o especialista. A vantagem deste tipo de procedimento é de que, além de prevenir o rompimento que pode levar a óbito, é um método definitivo para tratar o aneurisma cerebral.
  

Fonte: Imirante.com

Nenhum comentário: