Páginas

18 de dezembro de 2014

Sustentabilidade: programa recebe Prêmio Braztoa

mergulhoO Programa de Sustentabilidade dos Meios de Hospedagem da Rota das Emoções foi premiado na terceira edição Prêmio Braztoa de Sustentabilidade, atualmente uma das mais bem conceituadas premiações do turismo do País. A entrega da honraria ocorreu no último dia 28 de novembro, em Alagoas, e o programa foi agraciado com o segundo lugar na categoria "Parceiros institucionais". O prêmio foi recebido pela gestora da rota do Sebrae no Piauí, Isabela Ribeiro, representando a instituição nos três Estados que compõem o roteiro - Ceará, Piauí e Maranhão.
O programa foi lançado pelo Sebrae, sendo elaborado de acordo com o Programa Nacional de Certificação em Turismo Sustentável - PCTS e a Norma Brasileira (15.401:2006). A ferramenta funciona como um instrumento de avaliação do grau de implementação de onze princípios básicos da sustentabilidade, criando um ambiente de incentivo e valorização dos empresários que estão aplicando, no dia a dia, o conceito em seus estabelecimentos.
"Ao estimular a introdução de princípios básicos de sustentabilidade nos meios de hospedagem, promovemos uma maior competitividade dos empreendimentos e uma melhoria da qualidade de vida das comunidades locais", diz a gestora do Turismo do Sebrae no Ceará, Evelyne Tabosa dos Santos. Segundo ela, o Programa de Sustentabilidade foi desenvolvido para atender as empresas participantes do projeto Rota das Emoções e Seus Novos Desafios. Hoje, são mais de 80 empresas nos três Estados e que já implementaram melhorias significativas nos aspectos ambiental, social e econômico.
Premiação
A Braztoa (Associação Brasileira das Operadoras de Turismo) realiza desde 2012 o Prêmio Braztoa de Sustentabilidade para incentivar práticas sustentáveis e dar visibilidade ao tema no País. É a maior premiação de turismo sustentável do Brasil e tem a chancela da Aliança Global para o Turismo Sustentável da ONU.
Os vencedores foram eleitos por um corpo de jurados composto por especialistas de diversas instituições ligadas à atividade, como ABNT, Ministério do Meio Ambiente, Ministério do Turismo, Senac, OMT, Centro de Turismo Alemão, Universidade de São Paulo, entre outros.
Os jurados avaliaram os casos individualmente, considerando critérios previamente estabelecidos, e suas escolhas foram reunidas pela Eccaplan, que faz a consultoria do Prêmio. O resultado veio da apuração do número recorde de 63 inscritos, 20% a mais que na última edição. Destes, 25 chegaram à grande final. Com a adesão do Ministério do Turismo neste ano, a iniciativa ganha um alcance nacional adquirindo também representatividade no que se refere ao turismo sustentável. "O MTur sempre trabalhou com a questão da sustentabilidade por outros programas. Por ter essa preocupação, era elementar que integrássemos esse projeto para aumentar ainda mais o crescimento no setor", afirma Isabel Barnasque, coordenadora Geral de Sustentabilidade da pasta.
O prêmio faz parte do Programa Braztoa de Sustentabilidade, lançado em setembro de 2011, durante o 36º Encontro Comercial Braztoa, que pretende levar conhecimento e incentivar as operadoras de turismo associadas e seus principais interlocutores a trabalharem com os recursos, de maneira ambientalmente responsável, socialmente justa e economicamente viável. Desde 2005, a Braztoa tem realizado fortes investimentos em ações dessa natureza, buscando estimular e auxiliar seus associados a promover boas práticas do turismo sustentável.

Fonte: Diário do Nordeste

Nenhum comentário: