Páginas

9 de dezembro de 2014

ESPECIAL-Nova Fazenda Reviver: Inauguração da 1ª etapa

Fé, esperança, obstinação, muitas ideias e poucos recursos. Porém, muita ação! Assim pode ser resumido o Projeto “Fazenda Reviver” idealizado pelo Sr. Franzé Ribeiro e sua família que tem como objetivo acolher jovens que desejam se libertar das drogas e do álcool, mas também que anseiam descobrir suas vocações.

Após uma experiência amarga na família, eles superaram o drama e com muito amor e dedicação passaram a difundir a esperança nos corações de dependentes desamparados e seus familiares.

Primeira unidade da Fazenda Reviver: casa de praia no
Maramar. Fazenda Reviver: uma porta para a vida!
Em 1º de maio de 2010 nascia a Fazenda Reviver. Inicialmente funcionou em uma casa de praia da família no Maramar. Com estrutura precária e muita determinação, a família foi em busca de apoio para construir um espaço adequado para o projeto.

Franzé afirma com muita determinação: “Muitos disseram que eu era um louco por expor a situação do meu filho”. Hoje, Lincoln é quem cuida de todos os internos que, no momento são quatro: Sílvio, Pedro, Régis e Zé Roberto.

A recuperação é fundada numa metodologia que se apoia no tripé: trabalho, como processo pedagógico e fonte de autoestima, na vida em comunidade, respeitando o espaço do próximo, como instrumento de mudança de valores, sob a luz da espiritualidade do evangelho, com moral e princípios.

Internos: Pedro, Régis, Zé Roberto e Sílvio.
Até aqui já passaram mais de 80 pessoas pela fazenda. Com um índice de 10% de recuperação, elevado para os padrões de outros espaços, principalmente pela pouca estrutura e apoio que recebe.
A nova sede tem capacidade para receber 30 internos. O terreno foi doado pelo próprio Franzé, que também utilizou cerca de 80% dos recursos oriundos de um precatório do estado que há mais de seis anos não recebia.

A convite do ex-vereador Fernando Gomes, no dia 4 de novembro de 2013, o então vice-governador Zé Filho e sua esposa deputada Juliana, visitaram a obra da Fazenda Reviver se fazendo acompanhar do seu idealizador, Franzé Ribeiro.

Deputada Juliana e o Governador Zé Filho
Na ocasião foi apresentado o projeto da "Fazenda Reviver" que pretende ser um modelo na reabilitação de dependentes químicos, trabalhando a terapia ocupacional, a disciplina e a oração como instrumentos de reorientação psicológica do indivíduo.

A Deputada Juliana e o Governador Zé filho  assumiram o compromisso de defender o projeto de conclusão da estrutura física da fazenda. "o projeto é importante e estamos apoiando na conclusão desta etapa que vai assegurar uma melhor condição para receber as pessoas que precisam de tratamento. Esta é uma causa nobre!" destacou o Governador.

Pe. Eduardo Furtado celebrou a Santa Missa
“Com o decisivo apoio do Governo do Estado, através de uma emenda parlamentar da deputada Juliana Moraes Souza no valor de R$ 60 mil estamos inaugurando esta primeira etapa que, já permite um funcionamento com mais estrutura”, declarou Franzé.

A questão das drogas vem chamando a atenção das famílias e da sociedade pela rapidez com que se instala e os estragos que causa. Infelizmente o poder público tem feito muito pouco tanto na repressão quanto no tratamento de dependentes químicos.

Segundo Franzé, o problema vivido pelas famílias que têm dependentes químicos é dramático:"estamos vivendo um momento difícil, onde as drogas estão ganhando terreno e pouco tem sido feito para recuperar as pessoas que caem nesse mundo infernal. O que mais me angustia é saber que muitos jovens estão se perdendo e muitas autoridades não fazem nada".

Segundo Fernando Gomes: “A importância da Fazenda Reviver está no resgate à vida. Enfatizando aspectos da vida em comunidade, a vivência do evangelho, a comunhão de bens materiais e espirituais e o trabalho”.

O dia-a-dia de uma nova vida...
Em hora determinada eles assistem filmes, jogam, mas não fazem uso de rádio, celular ou televisão; as músicas são de louvor e os filmes instrutivos. Recebem visitas de grupos religiosos que agendam visitas. Há hora pra rezar, acordar, dormir e fazer refeições. Todo dia às 18h é rezado o terço dos homens.

Tem interno que no começo estranha a rotina, acostumado a chegar tarde em casa, dormir muito e não trabalhar, nem rezar. Aqui não, temos hora pra tudo, temos disciplina” disse  Zé Roberto internado na fazenda há 2 anos e meio.

Laborterapia
Como atividade terapêutica, os jovens têm instruções em oficinas de artesanato, cuidam de animais, preparam área para o plantio, regam plantas, cuidam da casa, fazem comida e lavam a própria roupa.

No final da manhã do último domingo (07) foi celebrada uma missa em Ação de Graças pela obra “Fazenda Reviver”, pela sua primeira etapa inaugurada, pelos líderes do projeto, seus colaboradores e mais importante: pelos beneficiários do projeto e seus familiares.

Na missa participaram convidados  e familiares dos internos. O Padre Eduardo falou da “importância de termos a consciência de que a verdadeira felicidade resulta no esvaziamento de si para o preenchimento com o amor ao próximo, aí Deus se manifesta em nós”.

Um depoimento...

Pedro Rodrigues Paulino Costa, 26 anos, parnaibano, residente no bairro Igaraçu (foto ao lado).

Em depoimento, Pedro relatou que já esteve na Fazenda por 2 anos onde saiu “limpo”, mas em 2013 teve uma recaída.

“Eu comecei a usar maconha aos 18 anos, usei crack e cocaína. Cheguei ao fundo do poço. Saí de casa e fui morar na rua. Estava muito mal, andava sujo e fedorento. Passei fome. Chegou um momento que achei que não tinha mais jeito, eu queria morrer. Achava que não tinha mais recuperação, usava droga sem parar. Tinha vergonha de voltar para casa. Um certo dia, morrendo de fome, subi num muro para tirar uma manga para comer,escorreguei e rasguei minha mão. Fui procurar cuidar do ferimento e minha família me trouxe mais uma vez pra cá. Já estou com 60 dias e me sinto bem melhor. Vários amigos meus estão perdidos e muitos já morreram. A pessoa aqui tem apoio para deixar as drogas, mas é preciso ela querer se ajudar. Isso é uma doença, mas tem tratamento. Aqui eles cuidam da gente, como gente! A fé ajuda a gente a se erguer também, a oração, a fé em Deus é importante. Eu vou sair dessa!”

Uma obra em construção, colabore! Quem tiver interesse em contribuir com o trabalho da Fazenda Reviver pode entrar em contato com o próprio Franzé através do telefone (0**86) 3322 – 2644. 

Doações para o Projeto Fazenda Reviver: Agência 030 da Caixa Econômica, Operação 013, conta 23676-3.


Por: ASCOM-Fazenda Reviver

Nenhum comentário: