Páginas

31 de dezembro de 2014

Ceará pode perder o trem da energia eólica

O empresário cearense Pedro Fiúza, sócio e diretor da Servtec Energia, alegra-se com a próxima gestão do governador Camilo Santana, cuja posse será 5ª feira.
“Em janeiro, vou procura-lo para expor a potencialidade do Ceará no campo da energia eólica. Temos condições excepcionais de liderar o setor no Brasil”, diz ele.
O Ceará, que foi o pioneiro e líder dessa área por muitos anos, é hoje só o terceiro, atrás da Bahia e do Rio Grande do Norte, correndo o risco de perder a posição para o Piauí.
No último leilão A-5, nenhum projeto do Ceará obteve êxito.
O gargalo aqui é a falta de Linhas de Transmissão e de interesse do governo de se aliar à iniciativa privada.
Anualmente, investem-se R$ 12 bilhões em energia eólica no Brasil.
“O Ceará não pode perder esse trem”, afirma Pedro Fiúza.

Fonte: Diário do Nordeste

Nenhum comentário: