Páginas

25 de novembro de 2014

Zé Filho vai a velório de empresário: 'tragédia que só Deus pode explicar'

O governador Zé Filho (PMDB) está nesta manhã de terça-feira (25/11) em Parnaíba onde acompanha o velório dos empresários Mateus Portela, e Edilson Brito e a esposa Socorro Brito. Os três são vítimas da tragédia ocorrida no final da tarde desta segunda no Porto das Barcas, onde Edílson, em momento de fúria, atirou contra o jovem empresário dono da Clip Turismo e contra a própria esposa, depois tirou a própria vida.
Amigo pessoal dos dois empresários, famosos no ramo de Turismo no litoral do estado, o governador cancelou a entrevista coletiva que aconteceria na manhã de hoje em Teresina para acompanhar os velórios.
“Não tem palavras para explicar o que aconteceu com estas famílias, conhecidas em Parnaíba. É uma tragédia que ninguém esperava. Um homem conseguir assim matar a esposa, um colega de trabalho e ainda se matar. É algo que só Deus pode explicar. Temos é que rezar mais, ter fé em Deus e confiar mais nas preces de Deus”, disse em entrevista aos jornalistas.
ze1.jpg
SOBRE O CRIME
Edilson teria discutido com Mateus numa disputa por turistas que viriam para o Piauí. Ele já teria fechado o pacote de 40 pessoas, mas Mateus teria revertido a situação para que o grupo fechasse contrato com ele. Edilson então saiu armado atrás de Mateus. Socorro Brito tentou impedir que o marido cometesse o crime, mas acabou sendo atingida. Após matar a esposa e o empresário, Edilson, conhecido como "Rei do Delta" foi para o banheiro de um restaurante onde tirou a própria vida.


Fonte: 180 Graus

Nenhum comentário: