Páginas

24 de novembro de 2014

TRAGÉDIA: homem se mata após atirar contra esposa e empresário de Parnaíba

O Complexo Turístico do Porto das Barcas, em Parnaíba, foi cenário de uma tragédia no fim da tarde desta segunda-feira (24/11), quando um empresário de nome Edilson Morais Brito efetuou disparos de arma de fogo contra o também empresário Matheus Portela. Um dos tiros acabou baleando fatalmente a esposa de Morais Brito.
Segundo informações do Tenente Coronel Costa Lima, após efetuar 11 disparos de arma de fogo, o empresário Edilson Morais Britou atirou contra sua própria cabeça e morreu. Ele chegou ainda, no entanto, a ser socorrido por uma unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), mas veio a óbito ao dar entrada no Pronto Socorro do Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (HEDA).
“Não conseguimos detectar a motivação. Quando as nossas viaturas chegaram no local, a tragédia já havia acontecido. Dessa forma, acionamos o resgate e isolamos a cena do crime. Logo em seguida, os Policiais iniciaram uma varredura a procura do autor dos disparos. Ele foi encontrado escondido dentro de um banheiro com a arma apontada para a cabeça. Um Policial da Força Tática ainda tentou convencer o mesmo a desistir, mas ele acabou se matando na frente do PM”, afirmou o comandante do 2º BPM, Tenente Coronel Costa Lima.
Ainda de acordo com informações da Polícia, Edilson Morais Brito acabou atingindo acidentalmente sua esposa, identificada por Maria do Socorro de Brito, de 47 anos. A mulher foi baleada na região do pescoço e teve morte imediata. Tudo teria começado, segundo a PM, após uma discussão de Edilson com Matheus Portela, que é filho do dono da agência de viagens Clip Turismo, que fica localizada ao lado da empresa de Morais Brito.
Socorro Brito teve morte imediata.
Socorro Brito teve morte imediata.
A arma utilizada no crime foi apreendida pela Polícia. No local, a PM conseguiu apreender cerca de 10 cápsulas modelo especial de um revólver calibre 38. Uma equipe do Instituto Médico Legal esteve no local realizando toda a perícia e removendo o corpo de Socorro Brito para o Posto Avançado do IML de Parnaíba. Em seguida, o corpo de Morais Brito também foi removido do HEDA.
Já Matheus Portela, que foi atingido por três tiros, foi encaminhado em estado grave para o hospital. Ele chegou a dar entrada no centro cirúrgico do HEDA, mas não resistiu aos ferimentos e também morreu depois de sofrer uma parada cardíaca. A tragédia entra para a história de Parnaíba como uma das mais tristes já registradas, tendo em vista que as vítimas eram bastante conhecidas na cidade.
tragedia02
Corpo de Socorro Brito sendo removido para o IML.
tragedia04
Comandante do 2º Batalhão de Polícia Militar de Parnaíba, Tenente Coronel Costa Lima.
tragedia05
tragedia06
tragedia07
tragedia10
tragedia08
tragedia12
Grande movimentação na frente do HEDA
 
Por Kairo Amaral / Portal Costa Norte

Nenhum comentário: